O Grêmio está igual ao Flamengo e ao Santos, com a maior goleada (6 x 1) do Brasileirão 2019, imposta ao Avaí, penúltimo colocado, na noite desta quinta (26), na Arena Grêmio, em Porto Alegre. O campeão gaúcho já saiu para o intervalo com a vantagem confortável de 4 x 0 e subiu mais uma posição, terminando a rodada em sétimo com 34 pontos.

LOGO AOS CINCO – O Grêmio teve início arrasador e logo aos 5 minutos Diego Tardelli aproveitou rebatida da zaga para fazer 1 x 0. Aos 14, de cabeça, David Braz ampliou após escanteio de Luan, que marcou o terceiro da entrada da área aos 38, e deu um lindo passe de letra para Luciano, ex-Fluminense, aos 46, fazer seu primeiro gol com a nova camisa.

EM SEIS MINUTOS – Na volta do intervalo, o Grêmio chegou fácil aos 6 x 0 com o gol do lateral carioca Bruno Cortez, aos 19, e com o sexto, marcado por André, aos 25, com assistência de Everton. O gol do Avaí foi de Gegê, aos 41, em cobrança de falta. O Grêmio empatou em vitórias (9) e em pontos (34) com o Bahia, que caiu para oitavo pelo saldo de gols. O do Bahia é de sete (25 a 18) e o do Grêmio, com a goleada, passou a ser de 13 (36 a 23).

GRÊMIO – Paulo Victor, Rafael Galhardo (Leo Moura, 20 do segundo tempo), David Braz, Kannemann e Bruno Cortez; Michel, Mateus Henrique e Luan; Luciano (André, 20 do segundo tempo), Diego Tardelli (Pepê, 34 do segundo tempo) e Everton. Técnico – Renato Portaluppi. O próximo jogo é com o Fluminense, domingo (29), no Maracanã.

AVAÍ – Vladimir (Gledson, intervalo), Yuri, Betão, Zé Marcos e Igor Fernandes; Richard Franco (Mosquera, 27 do segundo tempo), Pedro Castro, Mateus Barbosa e Gustavo Ferrareis (Gegê, 30 do segundo tempo); Caio Paulista e Jonatan. Técnico – Alberto Valentim.  Décima primeira derrota em 21 jogos, penúltimo com 16 pontos e saldo negativo de 19 gols (12 a 31). Próximo jogo, segunda (30), com o Bahia, em Florianópolis.

DOIS CARTÕES – Rodolfo Toski Marques, da Federação Paranaense e da FIFA, teve atuação segura. Só advertiu com cartão amarelo o atacante Jonatan, do Avaí, por um toque aos 30 do primeiro tempo, e o apoiador Michel, do Grêmio, aos 39 do segundo, por falta em Caio Paulista. R$445.029,00. 14.861 pagantes na Arena Grêmio.

Foto: Divulgação Grêmio