Escolha uma Página

Depois de seis jogos sem vencer, o Grêmio saiu do rebaixamento e subiu seis posições, terminando a nona rodada em décimo, com 11 pontos, e com os 2 x 0 da noite de ontem (10), no estádio de Pituaçu, deixou o Bahia com a defesa mais vazada com 14 gols. Cada time teve um expulso no segundo tempo e os dois gols, de Alisson, aos 24 do primeiro tempo, e Darlan, aos 9 do segundo, foram de bela feitura e em jogadas bem trabalhadas. Mano Menezes, novo técnico do Bahia, apenas assistiu.

EQUILÍBRIO – O Bahia iniciou com mais disposição, tomando a iniciativa do ataque, mas parou em boas defesas do goleiro Vanderlei, a primeira logo aos dois minutos em chute forte de Gilberto, artilheiro do time, mas há nove jogos sem fazer gol. O Grêmio soube se defender e chegou ao gol em contra-ataque ultrarrápido, aos 24 minutos. Cortez bateu lateral longo e a bola sobrou na entrada da área para o chute forte e bem colocado do meia Alisson, sem defesa para o goleiro Mateus Claus.

DEFINIU BEM – O Bahia voltou do intervalo com muita pressão, mas o Grêmio manteve o bom esquema defensivo, mesmo sem os zagueiros titulares Geromel e Kannemann, suspensos. Em outro contra-ataque muito rápido, o Grêmio com o segundo gol, aos 9 minutos. Na troca de passes com Isaque, Everton Cardoso deixou o volante Darlan na cara do gol para fazer 2 x 0. Aos 13, Rodriguinho acertou a trave do Grêmio, no melhor ataque do Bahia, que continuou tentando, mas não furou o bloqueio.

EXPULSÕES – Em catorze minutos o segundo tempo registrou duas expulsões. A primeira, do meia Mateus Henrique, do Grêmio, aos 19, por falta no atacante Gilberto. Foi expulso após o segundo cartão amarelo, pela falta em Elber, no primeiro tempo. A segunda expulsão, do volante Gregore, do Bahia, aos 33, por entrada desleal no lateral Orejuela. O árbitro José Mendonça Junior, de 36 anos, da Federação Paranaense, teve atuação correta.

BAHIA – Mateus Claus, Nino (Jadson), Ernando, Juninho e Mateus Bahia; Gregore, Edson (Rossi), Daniel (Clayson) e Rodriguinho (Marco Antonio); Gilberto (Elton) e Elber. O time foi dirigido pelo assistente Claudio Prates. Mano Menezes comanda a partir do jogo com o Atlético Goianiense, domingo (13), no estádio de Pituaçu. Décimo quarto com 9 pontos  3 derrotas, 2 vitórias, 3 empates -, o Bahia passou a ter saldo negativo de quatro gols (10 a 14, com a defesa mais vazada, seguindo-se as do Goiás (13), Fluminense e Ceará (12) e Flamengo 11).

GRÊMIO – Vanderlei, Orejuela, Paulo Miranda, David Braz e Bruno Cortez; Darlan (Rodrigues), Mateus Henrique e Alisson (Guilherme Azevedo); Isaque (Rildo), Diego Souza (Luis Fernando) e Everton Cardoso (Lucas Silva). Técnico – Renato Portaluppi.O Grêmio é décimo com 11 pontos  2 vitórias, 1 derrota, 5 empates, saldo de dois gols (7 a 5) – e o próximo jogo será domingo (13), com o Fortaleza, na Arena Grêmio.

Foto: Jornal Correio