O Grêmio venceu (2 x 1) o Ceará, que entrou no rebaixamento após a décima terceira derrota, e ficou igual em pontos (38) ao Internacional, que tem a vantagem de uma vitória (11 a 10) sobre o arquirrival. O jogo foi no estádio Centenário, do Juventude, em Caxias do Sul, porque havia um show na Arena Grêmio, em Porto Alegre.

TRÊS EM NOVE – Todos os gols foram no primeiro tempo, marcados em nove minutos. Recuperado de contusão, o zagueiro Geromel fez 1 x 0, aos 35, cabeceando forte após escanteio de David Braz, e o volante Maicon, aos 42, converteu o pênalti de Valdo em Tardelli, no centésimo gol do Grêmio em 2019. De cabeça, o apoiador Fabinho fez o gol do Ceará aos 44.

GRÊMIO – Paulo Victor, Leo Moura (Rafael Galhardo, 19 do segundo tempo), Geromel, David Braz e Cortez; Maicon, Michel e Luan (Thaciano, 29 do segundo tempo); Alisson, Tardelli (André, 38 do segundo tempo) e Pepê. Técnico – Renato Portaluppi. Com 38 pontos – 10 vitórias, 8 empates, 6 derrotas, 39 gols a favor e 26 contra -, o bicampeão gaúcho joga domingo (13) com o Atlético Mineiro, em Belo Horizonte.

CEARÁ – Diogo Silva, Samuel Xavier, Valdo, Tiago Alves e João Lucas; Fabinho, William Oliveira (Auremir, 30 do segundo tempo), Pedro Ken e Mateus Gonçalves (Ricardinho, intervalo); Tiago Galhardo e Felipe Cardoso (Juninho Quixadá, intervalo). Técnico – Adilson Batista. Com 23 pontos e 13 derrotas – há 10 jogos sem vencer -, o Ceará caiu na zona de rebaixamento após 24 rodadas. Joga domingo (13), em casa, com o lanterna Avaí.

TRÊS CARTÕES – Mais uma atuação segura da árbitra paranaense Edina Alves Batista, da Federação Paulista e da FIFA, que só advertiu três do Ceará com cartão amarelo: William OliveiraPedro Ken e o zagueiro Valdo, pelo pênalti em Tardelli. Renda e público não anunciados no estádio Centenário, em Caxias do Sul.

Foto: Gaúcha ZH