O Grêmio venceu (2 x 0) o Olímpia no último jogo da fase de ida das oitavas de final, na noite de ontem (25), em Porto Alegre, e pode perder por um gol na próxima quinta (1 de agosto), em Assunção, que estará classificado para as quartas de final da Libertadores. O campeão gaúcho foi superior desde o início e mereceu a vitória, mesmo marcando os gols só no segundo tempo, quando passou a jogar com menos um, devido à expulsão do zagueiro Geromel aos quatro minutos, por falta dura em Benitez.

DO BANCO À VITÓRIA – Com a expulsão, o técnico Renato Gaúcho teve que recompor a defesa e colocou David Braz, ex-Santos, no lugar do atacante André, que saiu muito vaiado. Logo depois, tirou o meia Jean Pyerre, e Diego Tardelli, que o substituiu aos 18, marcou o primeiro gol aos 25, em belo voleio. David Braz, aos 39, fez o segundo gol, ao desviar a falta cobrada por Alisson, que foi dos melhores do time, levando os torcedores ao delírio na Arena Grêmio. 1.941.888,00. 36.819 pagantes.

GAÚCHOS SALVARAM – Nos jogos de ida das oitavas de final, com o 0 x 0 do Cruzeiro com o River; os 2 x 2 do Palmeiras com o Godoy Cruz, na Argentina,e as derrotas (2 x 0) do Flamengo para o Emelec, no Equador, e 1 x 0 do Atlético Paranaense para o Boca Juniors, em Curitiba, só Internacional, que ganhou (1 x 0) do Nacional, no Uruguai, e Grêmio, com os 2 x 0 desta noite sobre o Libertad, salvaram o futebol brasileiro com vitórias, além de terem vantagem nos jogos de volta para a classificação às quartas de final.

DIEGO TARDELLI, 34 anos, 1,80m, destro, paulista de Santa Barbara do Oeste, formou-se na base do São Paulo, onde se profissionalizou em 2003 e atuou até 2007, com 18 gols em 90 jogos. Jogou em 2008 no Flamengo – 6 gols em 35 jogos – e a camisa que mais vestiu foi a do Atlético Mineiro, de 2009 a 2014, com 107 gols em 201 jogos. O Grêmio é o décimo time de sua carreira, com o quarto gol que marcou esta noite em seu décimo quinto jogo.

DAVID BRAZ, 32 anos, 1,87m, ambidestro, paulista de Garulhos, formou-se na base do Palmeiras, onde se profissionalizou e fez 1 gol em 17 jogos, em 2007 e 2008, mas foi no Santos onde mais atuou, em 216 jogos, marcando 17 gols, de 2012 a 2019. Jogou no Flamengo de 2009 a 2012, com 5 gols em 99 jogos. Marcou o primeiro gol no segundo jogo com a camisa do Grêmio, sétimo time de sua carreira.

A EXPULSÃO – O árbitro Esteban Ostojich, da Associação Uruguaia de Futebol, acertou na expulsão do zagueiro Pedro Geromel, que fez falta dura no atacante Benitez, no grande círculo, logo aos quatro minutos do segundo tempo. Para não ter dúvida, o árbitro consultou o VAR antes de mostrar o cartão vermelho ao zagueiro. Ostojich advertiu cinco jogadores com cartões amarelos: Jean Pyerre e Cortez, do Grêmio, e EspinozaBareiro e Franco.

TITE ASSISTIU – O técnico da seleção brasileira chegou pouco antes de Grêmio 2 x 0 Libertad, sentando-se entre dois amigos na parte mais alta das cadeiras da Arena Grêmio. Antes de ser técnico, Tite é torcedor do Grêmio, que ganhou com Paulo Victor, Leonardo, Geromel, Kannemann e Cortez; Maicon (Rômulo), Mateus Henrique, Alisson e Jean Pyerre (Diego Tardelli); Everton e André (David Braz).

MARTIN SILVA, ex-Vasco, além de não ter tido culpa nos dois gols, cumpriu excelente atuação, evitando que o Grêmio saísse com vitória mais ampla. O goleiro uruguaio de 36 anos, 1,87m, disputou 245 jogos pelo Vasco, entre 2014 e 2018, quando acertou com o Libertad até dezembro de 2021. Além dele, também tiveram bom desempenho o apoiador os meias Riveros e Mejía. O técnico argentino José Chamot, 51 anos, ex-zagueiro do Rosário Central, disse que “o Libertad tem condições de pelo menos decidir nos pênaltis no jogo em Assunção”.

Foto: Divulgação Grêmio.