Maior campeão com 29 títulos e ganhador dos últimos sete campeonatos, o Bayern de Munique levou neste sábado (7) a virada do líder Borussia Monchengladbach (2 x1) e caiu para o sétimo lugar, após sofrer a segunda derrota consecutiva, desta vez nos acréscimos de um jogo bem disputado e com os três gols no segundo tempo.

A VIRADA – Os 55 mil lugares do Borussia Park, no estado da Renania do Norte-Vestfália, perto da fronteira da Alemanha com a Holanda, estavam ocupados e os torcedores do Borussia Monchengladbach sentiram ainda mais frio que os dez graus da temperatura ambiente, quando o croata Ivan Perisic fez o gol do Bayern de Munique aos 4 minutos.

RAMY BENSEBAINI, zagueiro argelino de 24 anos, 1,90m e muita impulsão, foi o responsável pela virada do time líder. Ele marcou de cabeça o gol de empate aos 15, mas o da vitória só foi possível nos acréscimos. Ao sofrer a falta do zagueiro espanhol Javi Martinez, de 31 anos, que foi expulso, o  próprio Bensebaini bateu o pênalti, aos 47.

ÚLTIMO TÍTULO – Enquanto o Bayern tem 29 títulos e ganhou os últimos sete campeonatos, o Borussia Monchengladbach, de 119 anos, só foi cinco vezes campeão. O tricampeonato alemão de 74-75, 75-76, 76-77 foi a última comemoração da torcida. O time que lidera o atual campeonato é dirigido pelo ex-zagueiro alemão Marco Rose.

PHILIPPE COUTINHO, meia da seleção brasileira, não teve atuação neste sábado (7). O Bayern é sétimo com 24 pontos, sete a menos que o líder Borussia Monchengladbach, e seis abaixo do Leipzig, que venceu (3 x 1) o Hoffenheim e manteve a vice-liderança com 30.

Foto: Bavarian Football Works