Escolha uma Página

O BRASIL GANHOU 17 DOS 21 JOGOS de estreia em Copa do Mundo. Só perdeu os dois primeiros, em 1930 e 1934, e empatou em 1974 e 1978. Depois de estrear com 5 vitórias sem sofrer gol, de 1950 a 1966, o Brasil ganhou de virada, pela primeira vez, na Copa de 1970, a primeira em que foi campeão vencendo todos os jogos.

O JOGO DE HOJE (24), com a Croácia, é o 109º da seleção: 72 vitórias, 18 empates, 18 derrotas, 226 gols marcados, média de 2.09 gols por jogo, 186 gols sofridos. Em 108 jogos de Copas do Mundo, o Brasil não sofreu gol em 46 e não marcou em 15. Só Garrincha e Pelé, jogando juntos, nunca perderam em Copa do Mundo.

A SELEÇÃO BRASILEIRA faz hoje, 24 de novembro de 2022, o 109º jogo como única em todas as Copas e com cinco títulos, desde a estreia em que perdeu para a Iugoslávia por 2 x 1, na tarde da 2ª feira, 14 de julho de 1930, diante de apenas cinco mil torcedores, no Parque Central de Montevidéu, capital do Uruguai.

O PRIMEIRO GOL DO BRASIL em Copa do Mundo foi de Preguinho, apelido de João Coelho Neto, filho do escritor Coelho Neto, que o registrou, antes de nascer, como sócio do Fluminense. Capitão e primeiro artilheiro da seleção, com 3 gols em 2 jogos, ele fez 2 dos 4 x 0 na Bolívia, no segundo e último jogo da Copa de 1930.

O BRASIL SÓ FEZ UM JOGO na 2ª Copa, em 1934, eliminado ao perder para a Espanha por 3 x 1, em 27 de maio, diante de 40 mil espectadores, no estádio Luigi Ferraris, na cidade portuária italiana de Gênova. O gol foi de Leônidas da Silva, quando a Espanha já vencia por 2 x 0. 

DESDE ENTÃO, O BRASIL engatou sete vitórias consecutivas em estreias nas Copas do Mundo. Em 1938, em jogo de 11 gols, com 6 x 5 na Polônia, dia 5 de junho, diante de 14 mil torcedores, no estádio de La Meinau, em Estrasburgo, França. Leônidas da Silva fez 3, foi o artilheiro com 8 e o Brasil terminou em 3º lugar.

TAL COMO HOJE, era 24 de junho, belo domingo de sol no Maracanã, onde 81.649 pagantes viram o Brasil vencer o México por 4 x 0, com o primeiro e o último de Ademir Menezes; o segundo de Jair Rosa Pinto e o terceiro de Baltazar. Ademir foi o artilheiro com 9, marca até hoje não alcançada por outro brasileiro em única edição.

O BRASIL VOLTOU a golear o México na estreia da 5ª Copa do Mundo, em 16 de junho de 1954, por 5 x 0, com 15 mil torcedores no estádio Charmilles, em Genebra, Suíça. A seleção já saiu para o intervalo com 4 x 0, gols de Baltazar, Didi e dois de Pinga, e Julinho Botelho completou aos 24 do 2º tempo.

O ÚNICO GOL DE NILTON SANTOS em Copa do Mundo foi visto por 21 mil torcedores no estádio de Udevalla, no domingo, 8 de junho de 1958, quando o Brasil venceu a Áustria na estreia por 3 x 0. Foi o 2º gol, aos 4 do 2º tempo. Mazzola marcou o 1º e o 3º. Nilton Santos ganhou 64 dos 85 jogos pela seleção.

PELA TERCEIRA VEZ CONSECUTIVA, o Brasil estreou na Copa com o México, mas a vitória foi mais modesta: 2 x 0, gols de Zagallo e Pelé no 2º tempo, diante de 10.484 pagantes, no estádio de Sausalito, em Viña del Mar, bela cidade costeira do Chile. Pelé saiu da Copa no jogo seguinte, com problema muscular, e não voltou.

A ÚNICA VITÓRIA DO BRASIL na Copa de 66 foi a da estreia, em 12 de junho, com 47 mil torcedores, no Goodison Park, em Liverpool, 2 x 0 na Bulgária. Pelé, aos 15 do 1º tempo, e Garrincha, aos 18 do 2º, fizeram os gols no último jogo juntos pela seleção, mantendo-se invictos 36 vitórias e 4 empates. Pelé, 44 gols. Garrincha, 11.

A PRIMEIRA VITÓRIA DE VIRADA em estreia do Brasil em Copa do Mundo foi em 3 de junho de 1950, com 52 mil torcedores no estádio Jalisco, em Guadalajara. Petras fez o gol da Tchecoslováquia aos 11, Rivelino empatou de falta aos 24. Na volta do intervalo, Pelé e dois de Jairzinho, único a fazer gol em todos os jogos das Copas.

A ÚNICA ESTREIA em que o Brasil não fez gol foi na Copa de 1974, no 0 x 0 com a Iugoslávia, em 13 de junho, no Waldstadion, em Frankfurt, Alemanha. E teve sorte de não perder porque a trave direita do goleiro Emerson Leão ficou balançando até o dia seguinte com a bomba do ponta-esquerda Djazic.

O BRASIL VOLTOU A EMPATAR na estreia da Copa de 1978, dia 3 de junho, sob muito frio no estádio de Mar del Plata, Argentina, onde a maioria dos jogadores usou luvas. Sjoberg fez 1 x 0 aos 37 do 2º tempo e Reinaldo empatou aos 45. 

FOI DE VIRADA POR 2 x 1 sobre a União Soviética a estreia na Copa de 1982, 2ª feira, 14 de junho, diante de 68 mil torcedores no estádio Ramon Sanchez Pizjuan, em Sevilha, Espanha. Andrei Bat fez 1 x 0 aos 33, Sócrates empatou aos 30 do 2º tempo e Eder marcou aos 43, após um lindo corta-luz de Falcão. 

A PRIMEIRA VITÓRIA por 1 x 0 em estreia foi na Copa de 1986, com 35.748 pagantes, dia 1 de junho, no estádio Jalisco, em Guadalajara. Sócrates fez o gol na Espanha aos 18 minutos do 2º tempo.

O BRASIL ESTREOU pela segunda vez com a Suécia na Copa de 1990, em 10 de junho, no estádio Delle Alpi, em Turim, com 62.628 pagantes. Careca fez os dois gols e Brolin marcou o dos suecos, já perto do final.

81 MIL TORCEDORES estavam no estádio Stanford, na Califórnia, quando o Brasil ganhou da Rússia por 2 x 0, gols de Romário aos 26 do 1º tempo, e de Raí, de pênalti, aos 7 do 2º. Naquela 2ª feira, 20 de junho de 1994, a seleção enfrentou a temperatura mais alta de suas estreias em Copas, acima de 40 graus.

A ÚNICA VITÓRIA DO BRASIL em estreia, com gol contra, foi em 10 de junho de 1998, diante de 80 mil torcedores no Stade de France, nos arredores de Paris. O volante Cesar Sampaio, hoje assistente de Tite, fez 1 x 0 logo aos 5, e John Collins empatou de pênalti aos 38. A Escócia fez jogo igual e só perdeu com gol contra de Tommy Boyd, aos 39 do 2º tempo.

A TERCEIRA VITÓRIA DE VIRADA em estreia do Brasil foi em 3 de junho de 2002, em Ulsan, Coreia do Sul, com 33.378 torcedores no estádio Munsu. Hasan Sas fez o gol da Turquia no final do 1º tempo, e Ronaldinho Gaúcho empatou aos 14 e Rivaldo, de pênalti, marcou o da virada aos 43.

A SEGUNDA VITÓRIA do Brasil por 1 x 0, em estreia de Copa do Mundo, foi em 13 de junho de 2006. A seleção enfrentou forte marcação da Croácia, mas no último lance do 1º tempo, Kaká marcou o gol no Estádio Olimpico de Berlim.

ESTREIA INÉDITA DO BRASIL em Copas do Mundo foi a de 2010 na África do Sul com a Coreia do Norte, que só havia participado na Copa de 1966 na Inglaterra. Os gols só no 2º tempo, o de Maicon aos 10 e o de Elano aos 27. Ji Yun-nam, aos 44, fez o gol dos norte-coreanos, no Ellis Park, em 15 de junho.

O PRIMEIRO GOL CONTRA da seleção brasileira em Copa do Mundo foi do lateral Marcelo, logo aos 11 minutos, na estreia com a Croácia, na inauguração da Arena Corinthians, em 12 de junho de 2014. Na 4ª virada em estreia, Neymar empatou ainda no 1º tempo e fez 2 x 1. O 3º gol foi de Oscar.

O TERCEIRO EMPATE DO BRASIL em estreia foi na Arena Rostov, na Rússia, em 17 de junho de 2018. Philippe Coutinho fez 1 x 0 aos 20 minutos, e logo no início do 2º tempo, Steven Zuber empatou de cabeça para a Suíça, outra vez adversário na Copa de 2022, em que a estreia será hoje (24) com a Sérvia.

Fotos: R7, Divulgação CBF