O presidente Gabriele Gravina, de 66 anos, da Federação Italiana de Futebol, ficou muito sensibilizado com a iluminação do estádio de Wembley com as cores da bandeira da Itália – verde, vermelho e branco -, na noite de ontem (27), e mandou mensagem, com muita emoção, a Greg Clarke, de 62 anos, presidente da Associação Inglesa de Futebol: “Muito obrigado, Inglaterra. Vamos vencer este jogo juntos. Somos mais fortes que essa epidemia.

INICIATIVA – As seleções inglesa e italiana deveriam ter disputado um amistoso na noite de ontem (27), em Wembley, com os 90 mil ingressos do maior estádio do Reino Unido e segundo da Europa esgotados, mas os torcedores receberam a devolução, em virtude do cancelamento provocado pela epidemia do coronavírus. O jogo seria parte da preparação para a Copa da Europa de Seleções, adiada para junho e julho de 2021.

24 SELEÇÕES – A edição 60 da Eurocopa terá a participação de 24 seleções em 12 cidades-sede, com abertura dia 11 de junho no Estádio Olímpico de Roma e encerramento dia 11 de julho no Estádio de Wembley. As outras dez cidades serão Munique, Amsterdam, Glasgow, Copenhague, Budapeste, Bilbao, Bucareste, SãoPetersburgo, Dublin e Baku, capital do Azerbaijão. Portugal foi a campeã da última Europa, em 2016, vencendo (1 x 0) a França, na prorrogação, no estádio de Saint Denis, nos arredores de Paris.

969 MORTES – A Itália registrou ontem (27) o recorde de 969 mortes em um só dia, o mais elevado desde o início da pandemia do coronavírus em dezembro de 2019. O total de mortes no país subiu para 4.032, com a Lombardia, região mais afetada, no Norte do país, tendo 47.021 infectados, sendo 37.860 de casos ativos, 5.129 de recuperados e 2.655 de terapia intensiva. Sob chuva, o Papa Francisco fez uma oração no Vaticano.

Foto: Yahoo News UK