O Internacional se classificou para as oitavas de final da Copa Libertadores com dois gols de Paolo Guerrero, nos 3 x 2 da noite de ontem (9) sobre o Palestino, do Chile, diante de 38.469 pagantes na Arena Beira Rio. R$1.836.545,00. Com 10 pontos – 3 vitórias, 1 empate, 8 gols a favor e 4 contra -, o Inter abriu cinco pontos de vantagem sobre o Palestino (6) e sete sobre o River Plate, terceiro com 3 pontos, que joga amanhã (11), em Buenos Aires, com o peruano Alianza Lima, lanterna com 1 ponto.

OLHAR DO TÉCNICO – O técnico Ricardo Gareca, de 61 anos, que está preparando a seleção do Peru para a Copa América, em junho e julho no Brasil, saiu satisfeito da Arena Beira Rio, elogiando o desempenho de Guerrero, autor de dois gols, o da vitória de cabeça, aos 20 do segundo tempo, após cruzamento do uruguaio Nico Lopez. O primeiro gol de Guerrero foi aos 21 do primeiro tempo, driblando com estilo o zagueiro Del Pino e deslocando o goleiro Gonzalez.

Guerrero saiu muito aplaudido, depois de três gols em dois jogos, de vez que em sua estreia, sábado (6), marcou o primeiro nos 2 x 0 sobre o Caxias, na semifinal do Campeonato Gaúcho. Foi seu primeiro jogo após a suspensão de oito meses por doping. O primeiro gol do Inter, logo aos 10 minutos, foi do meia Patrick. O Palestino, que perdia de 2 x 0, diminuiu no fim do primeiro tempo com o gol do meia Julian Fernandez, em saída errada do goleiro Marcelo Lomba, e empatou logo após a volta do intervalo com o gol do atacante Passeríni, aos dois minutos.

OS CLASSIFICADOS – Marcelo Lomba, Zeca, Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado (Rithely), Edenilson, Patrick (Guilherme Parede) e D’Alessandro (William Pottker); Nico Lopez e Guerrero. O técnico Odair Helmann resumiu: “Vencemos a primeira etapa, conscientes de que as próximas serão bem mais difíceis”.

EXPULSÃO – O meia Guilherme Parede havia substituído Patrick, autor do primeiro gol, aos 14 do segundo tempo. Pouco depois, por falta dura no lateral Soto, aos 36, foi expulso pelo árbitro Carlos Orbe, do Equador, que também mostrou amarelo para os meias D’Alessandro e Patrick. 

100 JOGOS – O zagueiro Victor Cuesta, de 30 anos, 1,87m, argentino de La Plata, foi homenageado antes do jogo pelo Internacional, que defende desde abril de 2007. Ele ganhou uma placa de prata e a camisa 100, entregues pelo presidente Marcelo Medeiros e pelo vice de futebol Roberto Melo. O Inter é o primeiro clube estrangeiro da carreira de Victor Cuesta, primeiro zagueiro argentino a fazer gol pelo Inter, em 9/4/2017, no jogo com o Cruzeiro, pelo Campeonato Gaúcho. Em 100 jogos pelo Colorado, ele fez seis gols.

OLÍMPIA VENCE – Com a vitória (2 x 1) sobre o argentino Godoy Cruz, o Olímpia, do Paraguai, consolidou a liderança do Grupo C, com 8 pontos. O segundo é a Universidad do Chile, com 5, que joga nesta quarta-feira (10) com o Sporting Cristal, do Peru. Camacho marcou os dois gols do Olímpia, e Santiago Garcia fez o gol do Godoy Cruz, que terminou com 10. O atacante Viudez foi expulso no segundo tempo pelo árbitro gaúcho Anderson Luis Daronco.

Foto: site oficial do Internacional.