A VITÓRIA POR 1 x 0 DA NOITE DE ONTEM (6), NA ARENA BEIRA RIO, em Porto Alegre, foi comemorada pelos jogadores do Internacional com caixões de papelão, em azul, branco e preto, cores do Grêmio, com uma cruz e a letra B, Série do Campeonato Brasileiro que o arquirrival disputará em 2022. Os jogadores abraçaram os torcedores e o meia Patrick pegou os caixões e voltou ao gramado para o desfile e a comemoração.

DOIS EXPULSOS – O lateral-esquerdo Bruno Cortez, carioca de 34 anos, com passagens pelo Botafogo e São Paulo, tetracampeão gaúcho, no Grêmio desde 2017, foi o que mais reagiu à provocação, e foi expulso, junto com o meia Patrick, pelo árbitro carioca Marcelo de Lima Henrique. O sistema de som do estádio aumentou o volume da música Arerê, inflamando torcedores e jogadores a cantarem: “Arerê, o Grêmio vai jogar a Série B”. 

PRIMEIRO EM 13 – O meia Taison marcou de cabeça o primeiro gol, em seu 13º Grenal, após cruzamento do meia Edenilson nas costas do lateral Rafinha, aos 38 minutos do primeiro tempo. Formado na base do Internacional, saiu do clube em 2010 e jogou 11 anos na Ucrânia pelo Metalist e Shakhtar, ganhando seis títulos. Voltou em 2021 e disse que “a emoção de ter feito o gol da vitória do clube do coração, ajudando a rebaixar o rival, é para lembrar sempre”.

O INTERNACIONAL não vencia há quatro jogos – 2 empates, 2 derrotas – e o Grêmio perdeu pela quarta vez consecutiva. A última vitória nos últimos 10 jogos foi por 3 x 2 sobre o Juventude, dia 20 de outubro, na 27ª rodada. Foi o Grenal 434, com 20 vitórias a mais do Internacional (158), 138 vitórias do Grêmio e igual número de empates (138). Como visitante, o Grêmio só marcou 9 gols em 15 jogos e só conseguiu ganhar 9 dos 45 pontos que disputou.

GRENAL INÉDITO – Disputado desde 18 de julho de 1909, o Grenal tornou-se inédito ontem (6), em sua edição 434, por ter sido o primeiro com torcida única. Depois que torcedores invadiram o gramado da Arena Grêmio, domingo passado (31), e quebraram a cabine do VAR, após a derrota (3 x 1, de virada) para o Palmeiras, o Grêmio fará o restante dos jogos sem público, em seu estádio nem seus torcedores poderão entrar nos jogos como visitante. 

O INTERNACIONAL está em sétimo lugar com 44 pontos em 30 jogos – 11 vitórias, 11 empates, 8 derrotas, saldo de 7 gols (38 a 31) – e visitará o Juventude, quarta (10), no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul. O Grêmio, 19º com 26 pontos em 29 jogos – 7 vitórias, 5 empates, 17 derrotas, saldo negativo de 13 gols (25 a 38) -, segundo que mais perdeu, depois da lanterna Chapecoense (18 derrotas), receberá o Fluminense, terça (9), na Arena Grêmio, sem público.

CORINTHIANS 1 x 0 – Com o gol do meia Victor Cantillo, aos 42 do segundo tempo, o Corinthians venceu o Fortaleza na noite de ontem (6), diante de 36.059 pagantes (R$1.909.460,50). A jogada foi primorosa, com passe de calcanhar de Roger Guedes para Jô, que fez o pivô para o chute final de Victor Cantillo, colombiano de 28 anos, natural de Zona Bananera, município a 904 km da capital Bogotá. Foi comprado pelo Corinthians em junho de 2021 por R$12 milhões.

113 JOGOS – O zagueiro Gil, de 34 anos, fluminense de Campos dos Goytacazes, revelado no Rio Branco e profissionalizado no Americano, tornou-se o terceiro com mais jogos (113) na Arena Corinthians, inaugurada em 10 de maio de 2014. O recordista é o goleiro gaúcho Cassio (214) e o lateral paulistano Fagner é o segundo (198). Gil voltou ao Corinthians em julho de 2019 e tem contrato até dezembro de 2022, após três anos no Shandong Luneng, da China.

CORINTHIANS e FORTALEZA não serão ultrapassados na rodada. O Fortaleza está em quinto lugar com 48 pontos em 30 jogos – 14 vitórias, 6 empates, 10 derrotas, saldo de 6 gols (39 a 33) – e jogará quarta (10), em casa, com o São Paulo, e o Corinthians é o sexto colocado com 47 pontos em 30 jogos – 12 vitórias, 11 empates, 7 derrotas, saldo de 6 gols (32 a 26) -, e o próximo adversário é o líder Atlético, quarta (10), no Mineirão.

Fotos: Torcedores, ESPN, Lance! e CBF