Líder do Campeonato Brasileiro e da Copa Libertadores, o Internacional só manteve o primeiro lugar do Grupo E, nos acréscimos do jogo da noite de ontem (16), na Arena Beira Rio, em Porto Alegre, onde venceu pela primeira vez o América de Cali, após uma derrota e três empates nos confrontos com o time colombiano. O Inter fez 1 x 0 aos 43 segundos, esteve duas vezes em vantagem, em jogo de 7 gols, mas só confirmou a vitória (4 x 3) aos 47 do segundo tempo.

DOIS PRIMEIROS – Muito criticado pelos torcedores nas redes sociais, após a má atuação na derrota para o Goiás, em que não aproveitou grandes chances, o atacante Abel Hernandez, uruguaio de 30 anos, fez os dois primeiros gols com a camisa do Inter, de cabeça aos 43 segundos, após cruzamento do lateral Uendel, e aos 32, depois do escanteio do meia Nonato. O Inter havia feito 2 x 0 aos 19, com o meia paulista Gabriel Boschilia, e o ponta Duvan Vergara, aos 29, o primeiro gol dos colombianos.

MUITA PRESSÃO – O América de Cali voltou do intervalo com muita pressão, e empatou, com os gols dos atacantes Adrian Ramos, aos 4 minutos, e Santiago Moreno, aos 33, aproveitando a falha dos zagueiros e do goleiro Marcelo Lomba. Só aos 47, com o chute rasteiro da entrada da área, Gabriel Boschilia deu a vitória ao Inter, graças ao desvio da bola em Juan Segovia, que tirou a chance de defesa do goleiro Eder Chaux, colombiano de 28 anos, 1,89m, que foi na direção certa para fazer a defesa.

OS LÍDERES – Marcelo Lomba, Saravia, Moledo, Zé Gabriel e Uendel; Lindoso (D’Alessandro), Nonato (Johnny), Patrick e Boschilia (Lucas Ribeiro); Tiago Gahardo e Abel Hernandez ((Leandro Fernandez). O Internacional lidera o Grupo E, com 7 pontos – 2 vitórias, 1 empate, saldo de 4 gols (7 a 3) – e o Grenal, quarta (23), na Arena Beira Rio, é o próximo jogo, depois de enfrentar o Fortaleza, sábado (19), na Arena Castelão, pelo Campeonato Brasileiro.

 Foto: Staff images /CONMEBOL, Ricardo Duarte/Inter