Depois de cinco jogos sem ganhar, o Internacional recuperou o sexto lugar, com 42 pontos, ao vencer (2 x 0) o Avaí, penúltimo colocado, com 10 desde os três minutos, pela expulsão do apoiador Wesley, na noite de ontem (16), no estádio da Ressacada, em Florianópolis. O Inter recebe o Vasco no próximo domingo (20), na Arena Beira Rio.

FICOU FÁCIL – O favoritismo do Internacional tornou-se ainda mais acentuado com a expulsão, logo aos três minutos, do apoiador Wesley, após uma sola fortíssima no tornozelo do meia Bruno Silva. O árbitro fez a consulta ao VAR e voltou ao campo com o cartão vermelho na mão. O Avaí ficou ainda mais fragilizado com menos um.

OS GOLS – Patrick fez o primeiro aos 22, aproveitando o rebote do goleiro em cabeçada de Roberto, após o escanteio do meia uruguaio Nico Lopez. Na volta do intervalo, o goleiro Vladimir impediu que o Avaí fosse goleado, mas não pôde evitar o segundo gol, ao ser encoberto pelo meia argentino Martin Sarrafiore aos 39.

AVAÍ – Vladimir, Lourenço, Ricardo, Betão e Paulinho; Wesley, Richard Franco e Mateus Barbosa (Mosquera, 26 do segundo tempo); Caio Paulista (Luan Pereira, 12 do segundo tempo), Vinícius Araújo e Igor Goulart (Matias Lucas, intervalo). Técnico – Evando Camilato.Com a décima quinta derrota, o Avaí segue em penúltimo com 17 pontos e a segunda defesa mais vazada (39). O próximo jogo é com o São Paulo, domingo (20), no Morumbi.

INTERNACIONAL – Marcelo Lomba, Heitor, Bruno Fuchs, Roberto e Zeca (D’Alessandro, intervalo); Edenilson, Bruno Silva, Patrick e Nico Lopez (Martin Sarrafiore, 38 do segundo tempo); Guerrero e Parede (Uendel, 33 do segundo tempo). Técnico – Ricardo Colbacchini. Foi a décima segunda vitória, com 31 gols marcados e 23 sofridos.

NÃO CONSEGUIU – O Internacional não conseguiu contratar o técnico Eduardo Coudet, de 45 anos, atual campeão argentino com o Racing, de Buenos Aires, onde nasceu e foi meia, campeão da Copa Conmebol – a Sul-Americana da época -, em 1995. Ele agradeceu o convite, mas disse ser impossível deixar o clube no momento.

QUATRO CARTÕES – Além da expulsão do apoiador Wesley, aos três minutos, o árbitro Tiago Peixoto, da Federação Paulista, advertiu três do Internacional com cartão amarelo: Bruno Fuchs, Roberto e Zeca. O único advertido do Avaí foi Richard Franco. R$213.147,00. 6.377 pagantes no estádio da Ressacada, em Florianópolis.

Foto: Pressfrom.info