A Itália manteve a liderança do Grupo J das eliminatórias da Eurocopa 2020, ao golear (6 x 0) a seleção de Liechtenstein, na noite desta terça (26), diante de 20 mil torcedores, no estádio Ennio Tardíni, na cidade de Parma, no norte do país. O atacante Fabio Quagliarella, da Sampdoria de Genova, tornou-se o mais velho a marcar pela seleção, aos 36 anos e 54 dias, superando Christian Panucci – 35 anos e 62 dias -, Di Natale – 34 anos e 241 dias -, Cannavaro – 34 anos e 146 dias – e Pirlo – 34 anos e 28 dias.

DOIS GOLS – Fabio Quagliarella marcou os dois gols em cobrança de pênalti, aos 35 do primeiro tempo e aos três minutos do segundo tempo. A goleada italiana começou com o Stefano Sensi, de cabeça, aos 17, e Marco Verrati, em jogada pessoal, aos 32. Na volta do intervalo, o quinto gol foi do atacante Moise Kean, segundo mais jovem da seleção com 19 anos e 27 dias, aos 24 minutos. O estreante Leonardo Pavoletti, do Cagliari, fechou a goleada aos 31 minutos. 

QUAGLIARELLAque está disputando a artilharia do atual Campeonato Italiano com Cristiano Ronaldo, já havia igualado outro recorde na goleada (4 x 0) sobre a Udinese, ao marcar pelo menos um gol por jogo durante onze jogos consecutivos. O recorde estava com o argentino Gabriel Batistuta, em 94-95, quando foi o artilheiro do campeonato pela Fiorentina com 26 gols. A diferença de idade, de 17 anos, entre o mais velho, Fabio Quagliarella – 36 anos e 54 dias -, e o mais novo, Moise Kean – 19 anos e 27 dias -, chama muito a atenção.

DEZOITO FALTAS – Das 18 faltas do jogo, a seleção de Liechtenstein só cometeu seis, mas teve o zagueiro Daniel Kaufmann expulso pelo árbitro russo Kiril Levnikov. As doze faltas praticadas pelos italianos foram consideradas brandas. Bom dizer: o minúsculo Principado de Liechtenstein, na região central da Europa, entre a Áustria e a Suíça, é um dos microestados mais ricos do mundo. É citado com frequência no noticiário pelos escândalos das lavagens de dinheiro.

LÍDER DO GRUPO – Com 100% de aproveitamento na abertura das eliminatórias da Eurocopa 2020, a Itália lidera o Grupo J com 6 pontos. A Grécia, depois dos 2 x 2 desta terça (26) com a seleção da Bósnia – ambas com 4 pontos – é vice-lider. A seleção da Finlândia, que ganhou fora de casa (2 x 0) da Armênia, está em quarto lugar com 3 pontos.

Foto: Gazetta