NO SEGUNDO EMPATE CONSECUTIVO e com outra atuação apagada, em que até pênalti não aproveitou, a Itália bateu o recorde de 36 jogos sem derrota, no insosso 0 x 0 deste domingo (5) com a Suíça, no estádio São Jacó, na Basiléia, cidade do Noroeste suíço, a 102 km da capital Berna. O goleiro Yann Sommer defendeu, aos cinco minutos do segundo tempo, o pênalti do meia Jorginho, catarinense de 29 anos, melhor jogador da Eurocopa, que a Itália ganhou com brilho.

A DIFERENÇA – A Itália lidera o Grupo C, com 11 pontos, mais quatro que a vice-líder Suíça, e o recorde de 36 jogos sem derrota – 27 vitórias, 9 empates -, supera os 35 jogos da Espanha, que ficou sem perder entre novembro de 2006 e junho de 2009, e os 35 jogos sem derrota do Brasil, com Zagallo, entre dezembro de 93 e janeiro de 96. A FIFA não considera o que seria o trigésimo sexto jogo invicto do Brasil, com a Romênia, porque foi disputado pelas seleções olímpicas.

ESPANHA 4 x 0 – No estádio Nuevo Vivero, em Badajoz, na fronteira com Portugal, a Espanha goleou (4 x 0) a Geórgia, país na interseção da Europa com a Ásia, com os gols do lateral José Gayà e do meia Carlos Soler, ambos do Valencia, e do ponta Ferran Torres, do Manchester City. No segundo tempo, o meia Pablo Sarabia, do Sporting, emprestado pelo PSG, fez o quarto gol. Quarta (8) a Espanha joga com a seleção do Kosovo, República da antiga Iugoslávia.

INGLATERRA 100% – No estádio de Wembley, nos arredores de Londres, a Inglaterra goleou (4 x 0) Andorra – sexto menor país da Europa -, mantendo-se líder do Grupo I, com 15 pontos em cinco jogos. Harry Kane marcou de pênalti o segundo gol e completou 40 gols, empatando com Michael Owen como quinto artilheiro da seleção, precisando de mais 13 para se igualar ao primeiro, o ex-atacante Wayne Rooney. 

POLÔNIA 7 x 1 – No estádio de San Marino, micronação cercada pelo Centro-Norte italiano, a Polônia goleou (7 x 1) San Marino, uma das seleções mais frágeis do mundo, com dois gols de seu capitão, recordista de jogos e maior artilheiro, Robert Lewandowski. O atacante Adam Buksa, de 25 anos, que joga na Liga americana pelo New England Revolution, de Boston, marcou o primeiro hat-trick de sua carreira. A Polônia recebe a Inglaterra, quarta (8), na capital Varsóvia.

ARTILHEIRO – Romelu Lukaku, de 28 anos, maior artilheiro da seleção da Bélgica, fez o primeiro gol dos 3 x 0 sobre a República Tcheca, no estádio Rei Balduíno, na capital Bruxelas. O meia Eden Hazard marcou o segundo, e na volta do intervalo, o meia Alexis Saelemaekers, comprado do Anderlecht pelo Milan, fechou o placar. Hazard está voltando aos poucos ao Real Madrid e Lukaku, vice-artilheiro e campeão italiano, trocou a Inter de Milão pela volta ao Chelsea.

ALEMANHA 6 x 0 – Na Arena Mercedes Benz, na periferia da capital Berlim, a Alemanha manteve com facilidade a liderança do Grupo J, ao golear (6 x 0) a seleção da Armênia, ex-República soviética, entre a Europa e a Ásia. Serge Gnabry, ponta do Bayern, fez os dois primeiros gols; Marco Reus, meia do Borussia Dortmund, marcou o terceiro, e Timo Werner, do Chelsea, o quarto. No segundo tempo, o meia Jonas Hofmann, do Monchengladbach, e o atacante Karim Adeyemi, do Salzburg, completaram a goleada.

Foto: GZH