AS SELEÇÕES DA ITÁLIA, CAMPEÃ DA EUROCOPA, E DA ARGENTINA, CAMPEÃ DA COPA AMÉRICA, disputarão jogo histórico na 4ª feira, 1 de junho de 2022, seis meses antes do início da primeira Copa do Mundo no Oriente Médio, de 21 de novembro (2ª feira) a 18 de dezembro (domingo), no Catar. A partir de então, as seleções vencedoras da Eurocopa e da Copa América se enfrentarão, estreitando as relações dos continentes que praticam o melhor futebol do mundo.

O LOCAL DE ITÁLIA x ARGENTINA, DIA 1 DE JUNHO DE 2022, ainda não está definido, podendo ser em Wembley, com 90 mil lugares, maior estádio do Reino Unido e 2º maior da Europa, depois do Camp Nou, do Barcelona, ou no Estádio Olímpico de Londres, com 80 mil lugares, inaugurado nos Jogos 2012 e onde o jamaicano Usain Bolt estabeleceu o novo recorde olímpico dos 100 metros rasos com 9,63 segundos. A escolha será feita até o final de janeiro.

A UNIÃO EUROPEIA E A CONFEDERAÇÃO SUL-AMERICANA, em trabalho conjunto dos presidentes Aleksander Ceferin, advogado esloveno de 54 anos e presidente da UEFA desde setembro de 2016, e Alejandro Dominguez, advogado paraguaio de 49 anos e presidente da CONMEBOL desde janeiro de 2016, vão inaugurar escritório conjunto em Londres, para a criação e coordenação de projetos, assim como a criação de vários eventos de futebol na capital inglesa.

O PRESIDENTE DA CONMEBOL ressalta que “a final da taça Europa x América do Sul, dia 1 de junho de 2022, será um marco histórico, estreitando e reforçando o relacionamento dos continentes que lideram o futebol mundial”. Por sua vez, o presidente da União Europeia de Futebol destacou: “Estou muito feliz com essa união entre europeus e sul-americanos, que poderá se estender a outros continentes, sempre em benefício do futebol mundial”.

TÉCNICO DA ITÁLIA REAGE COM ENTUSIASMO

ROBERTO MANCINI, DE 57 ANOS, EX-MEIA E TÉCNICO DA SELEÇÃO ITALIANA, que ganhou em julho a Eurocopa na Inglaterra, reagiu com entusiasmo: “Excelente. Um confronto entre escolas de primeira linha do futebol mundial é excelente para uma avaliação. Sou admirador do futebol sul-americano que Brasil, Argentina e Uruguai lideram”. Mancini soube da notícia, após a visita desta 4ª (15), ao serviço de neuropsiquiatria pediátrica do Hospital Sant’Orsola, de Bologna, acompanhado do professor e diretor Duccio Maria Cordelli.

SEM TER CONSEGUIDO CLASSIFICAÇÃO na fase de grupos, a Itália disputará a semifinal com a Macedônia do Norte, dia 24 de março, no estádio Renzo Barbera, na cidade de Palermo. Se vencer, enfrentará o ganhador da outra semifinal, Portugal x Turquia, dia 29 de março, no estádio da Luz, em Lisboa. Alemanha e Itália, se conseguir a vaga, são as seleções que podem se igualar ao Brasil em 2022 com a conquista da 5ª Copa do Mundo.

NASCIDO NA PEQUENA JESI, cidade da província de Ancona, Roberto Mancini começou em 81-82 no Bologna. Depois do título de 91 com a Sampdoria, em que fez 12 gols e Gianculla Vialli marcou 19, ganhando o apelido de “gêmeos do gol”, Mancini tornou-se o maior artilheiro da romana Lazio, com 173 gols, entre 97 e 2000-01 quando voltou a ser campeão. Mancini iniciou como técnico em 2001-02 e está no comando da seleção italiana desde 14 de maio de 2018.

Foto: WH3