Escolha uma Página

O português Jorge Jesus tornou-se o segundo técnico europeu a ganhar a Libertadores, 28 anos depois de o croata Mirko Jozic ter sido campeão em 1991, no único título sul-americano da história de 94 anos do chileno Colo Colo. O treinador do Flamengo será também o segundo estrangeiro, e primeiro europeu, a se tornar campeão brasileiro.

MIRKO JOZIC, hoje aos 79 anos, foi campeão mundial comandando seleção sub-20 da então Iugoslávia, em torneio realizado no Chile em 1987. Os dirigentes do Colo Colo ficaram encantados com o futebol da equipe e o convidaram, mas ele só pôde aceitar em 89. Jozic levou o Colo Colo ao bicampeonato chileno em 90-91.

TRÊS TÍTULOS – Jozic renovou o contrato por mais duas temporadas, e em 1991 dirigiu o Colo Colo, campeão pela única vez da Libertadores, vencendo (3 x 0)  o Olímpia, do Paraguai, no segundo jogo, em Santiago,após 0 x 0 no jogo de ida em Assunção. Em 92, ganhou a Recopa Sul-Americana e a Copa Interamericana.

Mirko Jozic

COPA 2002 – Na última Copa do Mundo ganha pelo Brasil em 2002 – primeira na Ásia e em dois países, Japão e Coreia do Sul -, Mirko Jozic dirigiu a seleção da Croácia, após dois anos de estágio nas seleções sub-17 e sub-20. Seu último clube foi o Dínamo de Zagreb, em 2006. Jozic nasceu em Trilj, região nordeste da Croácia: “Lá o futebol também é uma paixão” – diz ele, fã de Pelé: “Quase impossível aparecer outro igual”.

JORGE JESUS, português de 64 anos, está completando 30 anos como treinador, desde o início no Amora FC, que dirigiu de 1989 a 1993. Nas passagens pelo Belenenses e Sporting não ganhou título. Só foi campeão no Benfica: 2013-14 e 2014-15, e antes de acertar com o Flamengo, ganhou a Taça da Arábia Saudita de 2018-19 com o Al-Hilal.

NA COMEMORAÇÃO da LibertadoresJorge Jesus fez questão de colocar nas costas a Bandeira de Portugal, antes de se dirigir aos torcedores do Flamengo para acenar e agradecer pelo apoio.

CARLOS VOLANTE – 1910 – 1987 –, argentino, foi até então o primeiro estrangeiro a ganhar o Campeonato Brasileiro, depois que a CBF decidiu pela unificação dos títulos. Em 1959, no comando do Bahia, Volante venceu (3 x 1) a decisão com o Santos, em jogo extra no Maracanã, depois de ganhar (3 x 2) na Vila Belmiro, e de perder (2 x 0) na Fonte Nova.

PRIMEIRO DO BRASIL – Com a conquista da Taça Brasil, o Bahia foi o primeiro do Brasil a disputar a primeira Copa Libertadores, em 1960. No Rio, Carlos Volante fez 164 jogos e marcou dois gols pelo Flamengo, de 38 a 43. Foi campeão carioca em 1939, 42 e 43, saindo antes do tricampeonato de 44. O sobrenome dele deu origem ao termo volante no futebol.

Foto: Radio Calheta