João Cancelo / Esportes R7.com

A Juventus ganhou de virada (2 x 1) da Lazio, no Estádio Olímpico de Roma, neste último domingo (27) de janeiro e manteve a liderança isolada como único invicto do Campeonato Italiano – 19 vitórias, 2 empates, melhor ataque (43), melhor defesa (13) -, após 21 das 38 rodadas. O lateral português João Cancelo, que substituiu o ponta brasileiro Douglas Costa, aos 25 do segundo tempo, foi decisivo na virada do placar, ao empatar e ao sofrer o pênalti que Cristiano Ronaldo converteu no gol da vitória.

DEDO DO TÉCNICO – Massimiliano Allegri mudou a postura do time no segundo tempo e mesmo sofrendo o gol contra, de cabeça, do meia alemão Emre Can, aos 13, não se abateu. João Cancelo empatou aos 28, três minutos depois de substituir Douglas Costa, e sofreu o pênalti do volante bósnio Senad Lulic, aos 41, convertido por Cristiano Ronaldo. A Juventus ficou sem o zagueiro Bonucci, substituído por Chiellini, ainda no primeiro tempo, devido à entorse do tornozelo que o tirou aos 39 minutos.

Massimiliano Allegri é técnico da Juventus desde julho de 2014. Ganhou os quatro últimos campeonatos, três Copas e uma Supercopa da Itália, e foi vice, duas vezes, da Liga dos Campeões. Antes, ele foi campeão italiano em 2010-11, título que o Milan não ganhava desde 2003-04.

LÍDERES INVICTOS – Szczesny, De Sciglio, Bonucci (Chiellini, 39 do primeiro tempo), Rugani e Alex Sandro; Emre Can, Betancur, Matuidi (Bernardeschi, 14 do segundo tempo) e Dybala; Douglas Costa (João Cancelo, 25 do segundo tempo) e Cristiano Ronaldo. A Juventus, com 59, tem 11 pontos à frente do vice-lider Napoli (48), 19 pontos a mais que a Inter de Milão em terceiro com 40, e 24 pontos à frente do Milan, quarto com 35 pontos. Dificilmente, a Juventus deixará de ser octacampeã italiana.

GOL DE ZAGUEIRO – No Estádio Olímpico de Turim, Norte italiano, o Torino, do técnico Walter Mazzarri, conseguiu a sétima vitória e interrompeu a série invicta de sete jogos da Inter de Milão, dirigida pelo técnico Luciano Spaletti. O gol foi do zagueiro Armando Izzo, napolitano de 26 anos, completando de cabeça o escanteio do lateral argentino Cristian Ansaldi. Os atacantes argentinos da Inter, Mauro Icardi – artilheiro do time -, e Lautaro Martinez tiveram atuação apagada.