Escolha uma Página

O PAYSANDU, então lanterna, saiu do rebaixamento com a primeira vitória sobre o América Mineiro, último invicto, por 2 x 0, no encerramento da 8ª rodada do Brasileiro da Série B, na noite de ontem (4), no estádio da Curuzu, em Belém. O Paysandu subiu ao 16º, e o América, que seria líder se vencesse, se manteve em 5º.

O LÍDER GOIÁS tem 17 pontos, 5 vitórias, ataque mais positivo (16), defesa menos vazada (4). O vice-líder Avaí, 16 pontos, 5 vitórias. O Santos, 3º, 15 pontos, 5 vitórias; Ceará, 4º, 15 pontos, 4 vitórias, e o América Mineiro, 5º, 15 pontos, 4 vitórias, saldo de 4 gols (12 a 8). O Guarani é o último (20, com 4 pontos.

OS GOLS da primeira vitória do Paysandu foram no 2º tempo, do meia paraense Val Soares, de 27 anos, emprestado pelo Marítimo, da Ilha da Madeira, da 2ª divisão de Portugal, aos 13 minutos, e do atacante venezuelano Esli Garcia, de 23 anos, aos 21 minutos. O Paysandu vinha de cinco empates e duas derrotas.

O TIME DA PRIMEIRA VITÓRIA: Mateus Nogueira, Edilson, Wanderson, Lucas Maia e Kevyn; João Vieira (Netinho), Wesley (Val Soares) e Juninho (Robinho); Edinho (Ruan Ribeiro), Nicolas e Esli Garcia (Jean Dias). O técnico do Paysandu é o ex-goleiro Helio dos Anjos, mineiro de 66 anos, campeão da Copa Verde de 2024.

O ÚLTIMO INVICTO: Dalberson, Daniel Borges, Ricardo Silva (Julio), Eder e Marlon; Alê (Felipe Amaral), Juninho e Moisés (Benitez); Adyson (Brenner), Renato Marques (Felipe Azevedo) e Fabinho (Vitor Jacaré). O América Mineiro, do técnico Cauan de Almeida, vinha de quatro vitórias e um empate.

Foto: Mourão Panda / América-MG