COM A 10ª VITÓRIA, 9ª SEM SOFRER GOL, O CRUZEIRO ampliou a vantagem para seis pontos sobre o vice-líder Bahia (31 a 25), ao vencer a Ponte Preta por 2 x 0, na tarde de hoje (16), diante de 58.076 pagantes, seu segundo maior público no Mineirão, na Série B de 2022 do Campeonato Brasileiro, com apenas menos 321 pagantes do que os 58.397 na vitória da 8ª rodada por igual placar sobre o Sampaio Corrêa.

O MAIOR PÚBLICO DA SÉRIE B DE 2022 foi o de Vasco 1 x 0 Cruzeiro, domingo (12), com 58.659 pagantes, no Maracanã, onde o Cruzeiro sofreu a única derrota para o único invicto. As vitórias do Cruzeiro no Mineirão foram por 1 x 0 no Brusque, Londrina e Grêmio, e por 2 x 0 no Sampaio Corrêa, CRB na Ponte Preta. Visitante, o Cruzeiro ganhou por 2 x 0 da Chapecoense e por 1 x 0 do Náutico e Criciúma. A única vitória em que sofreu gol foi na virada por 2 x 1 no Operário, em Ponta Grossa.

O LÍDER CRUZEIRO, 31 PONTOS, 10 vitórias, 1 empate, 2 derrotas, tem o ataque mais positivo (16), e a segunda defesa menos vazada (5), igual às do Vasco e Sport; a menos vazada é a do Grêmio (4). O atacante Edu, que marcou o 1º gol de hoje (16), no 2 x 0 na Ponte Preta, passou a dividir a vice-artilharia com Diego Souza, do Grêmio, e Poveda, do Sampaio Corrêa, com 5 gols. Lucca, da Ponte Preta, é o artilheiro com 6.

O CARIOCA EDU, artilheiro da Série B de 2021, no Brusque, abriu o placar deste feriado de Corpus Christi, aos 43 minutos do 1º tempo, após lançamento sob medida de Neto Moura. Na volta do intervalo, o líder Cruzeiro manteve o amplo domínio desde o 1º minuto, quando o lateral-esquerdo Mateus Bidu fez o 2º gol, após cruzamento de Rafa Silva. Outra grande vitória, com exibição de gala do Cruzeiro.

RAFAEL CABRAL, Geovane (Rômulo), Eduardo Brock, Oliveira, Zé Ivaldo e Mateus Bidu; Willian, Neto Moura (Adriano) e Canesin (Machado); Rafa Silva (Rodolfo) e Edu (Breno), o líder Cruzeiro, do técnico uruguaio Paulo Pezzolano, ex-meia de 39 anos, que acaba de renovar contrato até dezembro de 2023, pondo fim às especulações de que poderia aceitar convites mais vantajosos.

RONALDO FENÔMENO ganhou elogios do ex-zagueiro Procópio, de 83 anos, um marco na história do Cruzeiro, cinco vezes campeão mineiro e campeão brasileiro, que resumiu, ao abraçá-lo após a vitória sobre a Ponte Preta: “Parabéns, Ronaldo. É assim que se faz um trabalho de gestão”. Procópio foi o capitão campeão carioca de 1964 no Fluminense, e jogou também no Atlético, Palmeiras e São Paulo.

O VASCO ASSUMIRÁ A VICE-LIDERANÇA, com 27 pontos e ficará a 4 pontos do Cruzeiro, se vencer o Londrina, sábado (18), no estádio do Café, na estreia do técnico Maurício Souza. No mesmo dia, também tentarão se aproximar do líder o Sport, 4º colocado com 19 pontos, que faz o clássico pernambucano com o Náutico, e o Grêmio, 5º colocado com 18 pontos, que recebe o Sampaio Corrêa, na Arena Grêmio.

Foto: Campo Grande News