Depois de cumprir os três jogos adiados e de consolidar a liderança com boa vantagem, o líder São Paulo encara o primeiro grande desafio na rodada 25, ao tentar o que ainda não conseguiu em 12 jogos: ganhar na Arena Corinthians, de onde saiu com nove derrotas e três empates, sofrendo 25 gols e marcando 9. Mas, técnico e jogadores consideram que o melhor momento do time, sem perder há 17 jogos, é a maior motivação para comemorar a primeira vitória no belo estádio do adversário.

20 PONTOS – Pela primeira vez, desde que a Arena Corinthians foi inaugurada, em 18 de maio de 2014, o São Paulo terá vantagem de 20 pontos (50 a 30) em um jogo com o Corinthians, depois de 24 rodadas, e o dobro de vitórias (14 a 7) do rival. O São Paulo é o melhor visitante – só perdeu do Vasco (2 x 1), em São Januário, e do Atlético (3 x 0), no Mineirão -, com 22 dos 50 pontos, e o Corinthians só ganhou 14 dos 33 pontos como mandante, com três vitórias, três derrotas e cinco empates.

CAMPANHAS – Primeiro com 50 pontos em 24 jogos; time que mais venceu (14) e que menos perdeu (2), o São Paulo tem o segundo ataque (42 gols); a defesa menos vazada (20), igual à do Grêmio, e o melhor saldo de gols (22), enquanto o Corinthians, em campanha irregular, é décimo primeiro com 30 pontos em 24 jogos – 7 vitórias, 8 derrotas, 9 empates e saldo negativo de quatro gols (25 a 29) -, sem conseguir se firmar, o que, em parte, deve ser atribuído às trocas de técnicos.

MAJESTOSO – O clássico Corinthians x São Paulo, que o brilhante jornalista Thomaz Mazzoni – 1900 – 1970 -, da Gazeta Esportiva, batizou de Majestoso, nos anos 30, completa domingo (13) sua edição 347, com 130 vitórias do Corinthians, 106 do São Paulo e 110 empates. No histórico, 11 decisões do Campeonato Paulista; a decisão do Campeonato Brasileiro (1990, Corinthians campeão), e confrontos marcantes no Torneio Rio-São Paulo, Copa do Brasil, Libertadores e Recopa Sul-Americana.

BRASILEIRO – No turno de 2020, o São Paulo venceu (2 x 1) no Morumbi. O jogo do próximo domingo (13), na Arena Corinthians, será o de número 66 do Brasileiro. Mais que as 22 vitórias do Corinthians e as 17 do São Paulo, os 26 empates refletem bem o equilíbrio do clássico. O Corinthians, sete vezes campeão brasileiro, ganhou 30 títulos de campeão paulista. O São Paulo, 21 vezes campeão paulista, ganhou seis vezes o Campeonato Brasileiro, sendo tri em 2006-07-08.

VANTAGEM – Quanto menos seja, para relaxar a tensão, o São Paulo terá a vantagem de entrar no jogo de domingo (13), na Arena Corinthians, já sabendo do resultado de seus concorrentes imediatos: o Atlético Mineiro, vice-líder, jogará amanhã (12) com o Athletico Paranaense, na Arena da Baixada, em Curitiba, e o Flamengo, terceiro colocado, jogará horas antes, no próprio domingo (13), Maracanã, com o Santos. Raphael Claus, da Federação Paulista e da FIFA, apitará Corinthians x São Paulo.

Foto: UOL