A Juventus foi à cidade portuária de Genova, a 172 km de Turim, dominou do início ao fim, mas só fez os gols da vitória (3 x 1) sobre o Genoa, no segundo tempo, em 23 minutos, mantendo-se líder com quatro pontos de vantagem (72 a 68) sobre a Lazio, que viajou 689 km a Turim, e obteve a segunda virada consecutiva (2 x 1), sobre o Torino. Na disputa da artilharia, Ciro Imobile, da Lazio, está em vantagem sobre Cristiano Ronaldo (29 a 24), nesta vigésima nona rodada em que ambos fizeram gol.

BELOS GOLS – A Juventus acelerou na volta do intervalo e fez dois belos gols em dez minutos. O meia canhoto argentino Dybala driblou dois marcadores e finalizou cruzado logo aos 5, marcando pela terceira vez consecutiva em três jogos. Assim também foi com Cristiano Ronaldo, que aos 10, chutou forte da entrada da área. O gaúcho Douglas Costa fez 3 x 0 aos 28, com chute forte no alto. Aos 40, após driblar o colombiano Cuadrado, Andrea Pinamonti marcou de canhota o gol do Genoa.

O GOLEIRO – Matia Perin, de 27 anos, 1,88m, teve atuação destacada e impediu a goleada. Natural de Latina, pequena cidade da região central, ele joga no Genoa, emprestado pela Juventus, que o comprou por 12 milhões de euros do Genoa, em junho de 2018. Perin participou de cinco categorias de seleções italianas, desde a sub-15, e já disputou dois jogos pela principal. No final, ele trocou de camisa com o polonês Szczesny, goleiro de 30 anos, 1,96m, titular da Juventus desde 2017.

PJANIC – Trocado pelo meia Arthur com o Barcelona, o meia bósnio Miralem Pjanic, de 30 anos, continuará na Juventus até o final do campeonato, só se apresentando ao Barcelona após as férias de agosto, enquanto Arthur só vai jogar pela Juventus na próxima temporada. Pjanic foi substituído no segundo tempo pelo galês Aaron Ramsey. O técnico Maurizio Sarri também poupou Dybala – entrou Olivieri – e Cristiano Ronaldo – entrou Higuain – para sábado (4) no clássico com o Torino.

A VIRADA – No Estádio Olímpico Grande Torino, a vice-líder Lazio levou um susto no primeiro tempo, mas conseguiu a virada sobre o Torino. Recuado em auxílio da defesa, o artilheiro Ciro Immobile levou cartão amarelo do árbitro Davide Massa logo aos cinco minutos, ao cometer toque na área. Na cobrança, Andrea Belotti converteu o pênalti, seu gol 87 em 183 jogos pelo Torino, que o comprou do Palermo após o título da Série B em 2013-14.

MOTIVADOR – O ex-atacante Simone Inzaghi, de 44 anos, é considerado um técnico motivador e tem conseguido bons resultados, como a segunda vitória de virada nesta terça (30), em Turim. Ciro Immobile, de 30 anos, fez o gol de empate logo aos três minutos, com chute forte de canhota, e o domínio da Lazio se acentuou, até que Marco Parolo, de 35 anos, 1,86m, comprado do Parma em 2014, fez o gol da vitória aos 27 minutos. A Lazio tem menos duas vitórias (21 a 23), mas fez mais gols (66 a 59) que a Juventus.

Fotos: Juventus FC