Recuperado da Covid-19, o atacante sueco Ibrahimovic, de 39 anos, marcou os dois gols da quarta vitória consecutiva do Milan, líder e único 100%, ao vencer (2 x 1) a Inter, neste sábado (17), no estádio de San Siro, pela quarta rodada do Campeonato Italiano 2020-2021. Os três gols do maior clássico italiano, e um dos de maior rivalidade na Europa, foram no primeiro tempo. O Milan tem 12 pontos em quatro jogos, e o vice-líder Napoli, 9 pontos, ao golear a Atalanta (4 x 1), no estádio San Paolo.

EM TRÊS MINUTOS – O início do Milan foi fulminante. Aos 12 minutos, Ibrahimovic sofreu pênalti do zagueiro sérvio Kolarov, recém comprado da Roma. O goleiro Samir Handonovic, esloveno de 36 anos, 1,93m, defendeu a cobrança, mas Ibrahimovic aproveitou o rebote e fez 1 x 0, e três minutos depois, após cruzamento do meia-atacante português Rafael Leão, de 21 anos, fez 2 x 0. Romelu Lukaku, atacante belga de 27 anos, marcou o gol da Inter, após cruzamento do meia croata Ivan Perisic.

OS LÍDERES –Donnarumma, Calabria, Kjaer,  Romagnoli e Theo Hernandez; Bennacer, Kessié (Tonali), Calhanoglu e Saelemaekers (Castillejo); Rafael Leão (Krunic) e Zlatan Ibrahimovic. Dirigido pelo técnico italiano Stefano Pioli, de 53 anos, natural de Parma, onde se saboreia o presunto mais gostoso do mundo, o líder Milan voltou a vencer o derbi de Milão depois de sete anos. 

SEM CRISTIANO RONALDO, em recuperação da Covid-19, a enea campeã Juventus, em quarto lugar com 8 pontos, só empatou (1 x 1) com o Crotone, antepenúltimo com 1 ponto, no estádio Ezio Scida, em Crotone, antiga colônia grega, na costa oriental da Calabria, a 603 km da capital Roma. O atacante nigeriano Simy, de 28 anos, fez o gol do Crotone aos 12, convertendo pênalti que sofreu do zagueiro Leonardo Bonucci, e ainda no primeiro tempo, Alvaro Morata, com assistência de Chiesa, empatou aos 21.

BRASILEIROS – No time do Crotone, do técnico italiano Giovanni Stroppa, de 52 anos, o lateral-direito português Pedro Pereira, de 22 anos, formado na base do Benfica, e o meio-campo Junior Messias, mineiro de 29 anos, que nunca jogou no Brasil e antes teve passagens pelos (quase) desconhecidos Casale, Chieri e Gozzano. O meia goiano Arhur, ex-Barcelona, não estava bem no jogo, e o técnico Andrea Pirlo o substituiu aos 25 do segundo tempo pelo volante francês Adrien Rabiot, ex-PSG. A Juventus só venceu na estreia (3 x 0) a Sampdoria e depois empatou com a Roma e ganhou por WO do Napoli, sem jogadores, devido à Covid-19.

Foto: The Independent