O Palmeiras assumiu a liderança temporária do Brasileirão 2019 com sete pontos, ao vencer (1 x 0) o Internacional, no jogo de abertura da terceira rodada, na noite deste primeiro sábado (4) de maio, no Allianz Parque, em São Paulo. O gol foi do atacante Deyverson, de cabeça, aos 13 minutos do primeiro tempo, após escanteio de Dudu, em lance em que a defesa gaúcha foi desatenta. R$1.952.668,00. 31.549 pagantes. Boa arbitragem de Wagner Magalhães, da Federação do Rio de Janeiro.

O RECORDE – O time de 2019 do Palmeiras igualou com a vitória sobre o Internacional, o recorde de 26 jogos consecutivos sem derrota, incluídos os jogos de 2018, em que se tornou o maior campeão brasileiro. O recorde era do time de 72-73, dirigido por Osvaldo Brandão (1916-1989), que teve cinco passagens pelo clube entre 1945 e 1980, ganhando quatro Campeonatos Paulistas e três Campeonatos Brasileiros. Brandão foi o técnico que classificou a seleção para a Copa do Mundo de 1958.

DUAS MARCAS – O Palmeiras, do técnico Luiz Felipe Scolari, conseguiu mais duas marcas no Allianz Parque, com a vitória sobre o Internacional: o recorde de 12 vitórias consecutivas e o quinto jogo sem sofrer gol. Deyverson marcou seu vigésimo gol em 72 jogos pelo Palmeiras, que defende desde 2017Ele é de Mangaratiba, a 85 km do Rio de Janeiro, começou em 2011 no Grêmio Mangaratibense, da Série C do Campeonato Carioca, e na próxima quarta (8) vai completar 28 anos.

CONFUSÃO E 8 CARTÕES – O jogo não foi bom do ponto de vista técnico e registrou confusão logo aos 17 minutos, quando Guerrero cometeu falta dura em Dudu e provocou a reação de Felipe Melo, que cobrou com energia do atacante peruano. Guerrero e Felipe Melo tiveram disputa no alto aos 8 e Guerrero reclamou muito da entrada dura. Aos 12, o meia argentino Martin Sarrafiore fez outra falta dura em Scarpa e reclamou do cartão amarelo. 
Os cinco advertidos do Internacional com cartão amarelo foram Sarrafiore, Guerrero, Edenilson, Victor Cuesta e Zeca. Os três do Palmeiras, Felipe Melo, Marcos Rocha e Deyverson.

PALMEIRAS – Weverton, Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gomez e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Zé Rafael (Hyoran); Scarpa (Moisés), Dudu (Rafael Veiga) e Deyverson. Foi a segunda vitória do Palmeiras em casa, com 5 gols marcados e nenhum sofrido: 4 x 0 no Fortaleza e 1 x 0 no Internacional. Fora, o 1 x 1 com o CSA, em Maceió. O próximo jogo é com o Atlético Mineiro, domingo (12), no estádio Independência em Belo Horizonte.

INTERNACIONAL – Marcelo Lomba, Zeca, Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Iago; Rodrigo Lindoso, Edenilson (Rafael Sobis), Patrick e Sarrafiore (D’Alessandro); Nico Lopez (Guilherme Parede) e Guerrero. Foi a segunda derrota do Internacional como visitante, sem fazer gol: 0 x 2 com a Chapecoense e 0 x 1 com o Palmeiras. A única vitória (2 x 1) foi sobre o Flamengo, em Porto Alegre, onde fará o próximo jogo, domingo (12), com o Cruzeiro.

Foto: MARCO GALVãO/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO