A duas semanas da tão esperada repetição da final do Mundial de clubes de 1981, em que o Flamengo venceu (3 x 0) com dois gols de Nunes e um gol de Adílio, o Liverpool – único invicto da Premier League – passou fácil neste sábado (7) pelo Bournemouth -, com a décima quinta vitória em dezesseis rodadas, e onze pontos à frente do vice-lider.

100 JOGOS, 63 GOLS – O Liverpool fez 2 x 0 no primeiro tempo, gols do meia inglês Alex-Oxalade Chamberlain, de 26 anos, aos 35, e do meia Naby Keita, de 24 anos, africano da Guiné, aos 44, com assistência de calcanhar do egípcio Salah, de 27 anos, que marcou o terceiro gol aos 9 minutos após o intervalo. 

COMPRADO da Roma em 2017, Salah completou neste sábado (7) seu jogo 124, com 81 gols pelo Liverpool. No Campeonato Inglês, Salah chegou aos 63 gols em seu jogo 100, o que só três conseguiram antes dos 100 jogos: o inglês Allan Shearer, com 79; o holandês Nistelrooy, com 68, e o argentino Sergio Aguero, com 64 gols.

MUITO SEGURO -Bournemouth 0 x 3 Liverpool, no Vitaly Stadium, na cidade praiana de Bournemouth, a 170 km de Londres, foi amplamente dominado pelo visitante, sem que o técnico Eddie Howe, do Bournemouth, repetisse o feito de vencer Manchester United e Tottenham. O alemão Jurgen Klopp, técnico do Liverpool, mostrou-se feliz com a atuação.

O LIVERPOOL, com 46 pontos – 15 vitórias, 1 empate -, marcou 40 gols e sofreu 14. O vice-líder Leicester, com 35 pontos, joga neste domingo (8) com o Aston Villa. Sobre o Mundial de clubes, o técnico do Liverpool não quis falar a respeito do Flamengo: “Não dá para pensar em adversário da final, antes de conseguir vencer a semifinal”.

PERDEU EM CASA – O Manchester City, atual bicampeão, perdeu (2 x 1) em casa para o Manchester United e ficou a catorze pontos do Liverpool (32 a 46). Rashford, de pênalti, e Martial fizeram os gols do United, e o zagueiro argentino Otamendi, de cabeça, marcou o gol do City, que só não empatou no minuto final porque o goleiro espanhol De Gea fez defesa milagrosa em chute do argelino Rivad Mahez.

RICHARLISON – Pelo terceiro jogo consecutivo o atacante Richarlison, ex-Fluminense, fez gol. Logo aos cinco minutos, de cabeça, ele abriu o placar nos 3 x 1 sobre o londrino Chelsea, no Goodison Park. O Everton voltou a vencer após três derrotas seguidas, que provocaram a demissão do técnico português Marco Silva.

GOLEADA – Outro brasileiro também brilhou neste sábado (7) da décima sexta rodada inglesa, o meia paulistano Lucas Moura, que marcou um dos gols nos 5 x 0 do londrino Tottenham sobre o Burnley. O técnico português José Mourinho, de volta à Inglaterra, continua elogiando muito o desempenho de Lucas Moura.

Foto: Football365