Já garantidos na Série C do Campeonato Brasileiro de 2019, Manaus e Brusque decidirão o título de campeão da Série D nos dois próximos domingos: dia 11, no estádio Augusto Bauer, em Brusque – a cidade dos tecidos -, na região do Vale do Itajaí, a 99 km da capital Florianópolis, e dia 18, na Arena da Amazônia, único cenário do Norte na história da Copa do Mundo em 2014. O Manaus eliminou o Jacuipense, da Bahia, e o Brusque eliminou o Ituano, de São Paulo.

159 ANOS – Coincidiu com o dia da festa dos 159 anos de fundação da cidade a classificação do Brusque para a decisão, com os 2 x 0 de ontem (4) sobre o Ituano, que havia ganho, também por 2 x 0, o primeiro jogo em Itu. Nos pênaltis, o Brusque venceu (4 x 3) e vai decidir o título da Série D com o Manaus, que empatou (1 x 1) o jogo de ida com o Jacuipense, e venceu (1 x 0), sábado (3), o jogo de volta na capital amazonense. O Ituano e o Jacuipense, embora eliminados, também estão garantidos na Série C em 2019.

HOMENAGEM – Os dirigentes e os jogadores do Manaus FC – tricampeão amazonense – serão homenageados amanhã (6) no Plenário Rui Araújo, da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas, por iniciativa do presidente Josué Cláudio de Souza Neto, eleito como um dos deputados mais atuantes, com prestígio na capital e em todo o interior. Seu avô, catarinense de Itajaí, jornalista brilhante, fundou em Manaus a Rádio Difusora, onde apresentava A Crônica do Dia, com liderança de audiência.

JOSUÉ FILHO, que deu sequência ao trabalho do pai, dirigindo a Rádio Difusora e também como vereador, prefeito, presidente da Assembleia Legislativa, até ser nomeado em fevereiro de 2008  para o Tribunal de Contas. Muito ligado ao futebol, Josué Filho herdou do pai a paixão pelo Atlético Rio Negro Clube, de onde Teresinha Morango saiu em 1957 para se tornar a primeira amazonense eleita Miss Brasil. Amanhã (6), Josué Filho também participará da homenagem ao Manaus FC.

EM CLIMA de muita harmonia, Brusque e Manaus estão programando recepção e homenagem recíprocas. Na visita do Manaus à Santa Catarina, o Brusque oferecerá o marreco com repolho roxo, prato típico da cidade, herdado da cultura alemã. Brusque criou a Fenarreco – Festa Nacional do Marreco -, em outubro, no mesmo período em que se realiza a Oktoberfest de Blumenau. Quando o Brusque for jogar em Manaus, será recepcionado com a famosa peixada amazonense.

Foto: Lucas Figueiredo/CBF