A principal notícia do início desta última sexta (26) de junho no mundo da bola é o interesse de Maradona, técnico do Gimnasia y Esgrima, da província de La Plata, a 56 km de Buenos Aires, ter a volta de Ronaldinho Gaúcho ao futebol integrando seu time. O ex-atacante gaúcho, de 40 anos, está em prisão domiciliar em um hotel de Assunção, capital do Paraguai, desde 4 de março, há 114 dias, junto com o irmão Roberto Assis, por terem entrado no país com documentos falsos, segundo a justiça paraguaia.

RONALDINHO não joga desde janeiro de 2016, quando encerrou a carreira disputando a Copa Flórida, nos Estados Unidos, pelo Fluminense, que havia defendido no segundo semestre de 2015, sem fazer gol em nove jogos. Ainda assim, Maradona comentou que “Ronaldinho tem tanta técnica que deixa o preparo físico em plano inferior”. Do início da carreira no Grêmio – 98 a 2015, ele fez 33 gols em 84 jogos – ao final no Fluminense, ele totalizou 278 gols em 776 jogos.

INTERESSE – O jornal El Dia, de La Plata, fonte da informação, disse ser grande o interesse de Maradona em ter Ronaldinho, desde que ele resolva o problema com a justiça paraguaia. No auge da carreira, com 94 gols em 207 jogos pelo Barcelona, de 2003 a 2008, o ex-jogador ganhou duas vezes seguidas a Bola de Ouro de melhor do mundo da FIFA, em 2004 e 2005. Ronaldinho e seu irmão Roberto não chegaram a comentar a informação. Como sempre, Ronaldinho limitou-se a sorrir.

QUASE LÁ – Os jornalistas argentinos lembram que em 2016 o Gimnasia y Esgrima chegou a fazer uma oferta de 1 milhão e 500 mil dólares por um ano de contrato, mas a conversa com Ronaldinho não evoluiu. O jogador mais importante do clube mais antigo do futebol argentino, Roberto Perfumo – 1942 – 2016 , excelente zagueiro, foi tricampeão mineiro no Cruzeiro, que defendeu em 138 jogos, entre 71 e 74, e campeão da Libertadores e Mundial de clubes pelo Racing, de Buenos Aires.

ESTUDIANTES – Em nível acima do Gimnasia y Esgrima, o melhor time de La Plata é o Estudiantes, fundado em 1905, seis vezes campeão argentino, uma vez campeão mundial de clubes e quatro vezes da Libertadores, com o tri 68-69-70, e 2009. O técnico é o ex-atacante Gabriel Milito, que também brilhou no Barcelona. Conheci La Plata na Copa de 78, com suas avenidas diagonais e muito limpas. É a quarta cidade mais populosa do país e tratada com orgulho pelos platenses como Atenas das Américas, em alusão à linda capital da Grécia, que conheci em férias após a Copa de 90.

COMENTÁRIO – Procurado, o advogado Sergio Queiroz, que cuida dos interesses de Ronaldinho e seu irmão Roberto, comentou a notícia com elevado bom humor: “Estamos vivendo um tempo delicado com a pandemia do coronavírus. As notícias somem e as ideias criativas surgem. Como fake news (notícia falsa), não deixa de ter sido bem criada

Fotos: Alexander Hassenstein/Getty Images