Escolha uma Página

O ATACANTE GALENO, maranhense de Barra do Corda, a 346 km da capital São Luis, foi o destaque da vitória do Porto, campeão de Portugal, sobre o Bayer Leverkusen por 3 x 0, na noite desta 4ª feira (12), na Bay Arena, em Leverkusen, pela 4ª rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões.

GALENO MARCOU O 1º GOL, logo aos 7 minutos, em grande arrancada e passando por dois marcadores, após o lançamento longo do goleiro Diogo Costa, e sofreu os pênaltis do zagueiro africano Kossounou, marfinense de 21 anos, que o atacante iraniano Mehdi Taremi converteu, aos 8 e aos 19 minutos do 2º tempo.

OS OBSERVADORES da União Europeia de Futebol (Uefa) concederam a Galeno o prêmio MVP, da sigla em inglês Most Valuable Player (Jogador mais valioso), pela atuação destacada. A 10 dias de completar 25 anos, o barra-cordense Galeno é do Porto desde outubro de 2017 e ganhou a cidadania portuguesa em julho de 2021.

EM TOM ALEGRE e descontraído, os jornais portugueses publicaram: “Galeno, um remédio santo em terra de farmacêuticos”, referindo-se à atuação do atacante em Leverkusen, cidade-sede da Bayer, uma das maiores empresas farmacêuticas do mundo. Galeno saiu de casa aos 14 anos e seu primeiro time foi o goiano Trindade.

O PORTO, do técnico português Sergio Conceição, ex-atacante de 47 anos, é o 2º do Grupo B, com 6 pontos – 2 vitórias, 2 derrotas -, sem saldo de gol (6 a 6), e faz o próximo jogo, dia 26, na Bélgica, com o Brugges, 1º com 10 pontos e sem sofrer gol, já classificado. 

NA ÚLTIMA RODADA, dia 1 de novembro, o Porto jogará em seu estádio do Dragão com o Atlético de Madrid, praticamente sem chance, após o 0 x 0 desta 4ª feira (12), em Madrid, com o Brugge. O goleiro Simon Mignolet, de 34 anos, reserva de Courtois na seleção da Bélgica, impediu que o Atlético de Madrid ganhasse o jogo. 

BARCELONA QUASE ELIMINADO

DIANTE DE 92.302 torcedores, o Barcelona livrou-se da eliminação antecipada ao empatar em 3 x 3, em seu estádio Camp Nou, com a Inter de Milão, após sair em vantagem com o gol de Dembélé, aos 40 minutos, e de levar a virada na volta do intervalo, com os gols de Nicolò Barella aos 5 e Lautaro Martinez aos 18 minutos. 

LEWANDOWSKI empatou aos 37 e a Inter voltou a ficar em vantagem aos 44, com o gol do meia alemão Robin Gosens, mas o polonês Lewandowski empatou de cabeça aos 47, após cruzamento do zagueiro Eric Garcia, de 21 anos, da seleção que perdeu a medalha de ouro dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2021 para o Brasil.

A INTER DE MILÃO, do técnico Simone Inzaghi, ex-atacante de 46 anos, está em 2º com 7 pontos e 2 vitórias, e o Barcelona, 3º com 4 pontos e 1 vitória. Com 100% em 4 jogos, o Bayern Munique lidera o Grupo C, após vencer o Viktoria Plzen por 4 x 2, na República Checa. Mané, Muller e Goretzka (2) fizeram os gols no 1º tempo.

Foto: Futebol News, Thilo Schmuelgen/Reuters