Depois do minuto de silêncio, em respeito à memória dos 27.136 espanhóis mortos pela pandemia do novo coronavírus, o líder Barcelona reapareceu com três assistências e um gol de Messi, que fechou os 4 x 0 com o pé direito sobre o Mallorca, neste sábado (13), no estádio Iberostar. A décima nona vitória manteve o atual campeão na liderança com 61 pontos, cinco a mais que o arquirrival Real Madrid, que recebe o Eibar, neste domingo (14), no estádio Alfredo Di Stefano, em Valdebebas.

PRIMEIRO GOL – Foi uma das vitórias mais confortáveis do Barcelona, desenhada logo aos dois minutos com o gol de cabeça do meia chileno Arturo Vidal, de 33 anos, que pegou de primeira o cruzamento do lateral-esquerdo Jordi Alba. Com assistência de cabeça de Messi, o atacante dinamarquês Martin Braithwaite, de 29 anos, 1,77m, em seu segundo jogo, fez o primeiro gol, confirmado pelo VAR, sem impedimento. Braithwaite era do Leganés e o Barcelona pagou a multa de 18 milhões de fevereiro em fevereiro.

ARTILHEIRO – O Barcelona, com amplo domínio, preferiu cadenciar o jogo, sem ser ameaçado pelo inofensivo antepenúltimo Mallorca, que sofreu a décima nona derrota em 28 rodadas. O terceiro gol foi de Jordi Alba, aos 35, com assistência de Messi, e o VAR interveio de novo para confirmar que não houve impedimento do lateral. A goleada terminou nos acréscimos, com o gol de pé direito de Messi, líder dos artilheiros com 20 e das assistências com 14, aos 49 minutos.

LUIS SUAREZ – O técnico Quique Setien, espanhol de 61 anos, promoveu a volta do atacante uruguaio Luis Suarez, aos 12 do segundo tempo, saindo o francês Antoine Griezmann. Suarez, de 33 anos, recuperou-se bem de cirurgia no joelho, em março, mostrando desembaraço e confiança na volta. O meia goiano Arthur só entrou aos 25 do segundo tempo, substituindo Busquets, e a quinta mudança foi a entrada do lateral português Nelson Semedo no lugar de Sergi Roberto.

OS LÍDERES – Ter Stegen, Sergi Roberto (Semedo), Piqué, Ronald Araújo e Jordi Alba; Vidal (Rakitic, intervalo), Busquets (Arthur) e De Jong (Firpo); Griezmann (Luis Suarez), Messi e Martin Braithwaite. O Barcelona será mandante no jogo da vigésima nona rodada, terça (16), com o Leganés, penúltimo, que neste sábado (13) foi derrotado, em casa, pelo Valladolid (2 x 1), cujo presidido pelo ex-atacante Ronaldo Fenômeno.

O VICE-LÍDER Real Madrid terá neste domingo (14) a volta do meia Eden Hazard, belga de 29 anos, recuperado de cirurgia no tornozelo, o que deve implicar na saída de Vinícius Junior do time. O jogo com o Eibar será no acanhado Alfredo Di Stefano, de apenas sete mil lugares, estádio do Centro de Treinamento de Valdebebas, nos arredores de Madrid, porque o estádio Santiago Bernabeu está em obras.

Fotos: Barcelona FC