Messi não ficava na reserva desde o sábado, 21 de setembro de 2019, quando só entrou na volta do intervalo, sem evitar a derrota (2 x 0) para o recém promovido Granada, mas neste primeiro sábado (7) de novembro de 2020, no Camp Nou, foi diferente. O Barcelona fez 1 x 0, gol de Dembélé, aos 22, e não ampliou porque aos 37 o goleiro chileno Claudio Bravo defendeu pênalti sofrido por Fati e cobrado por Griezmann, e o Betis, de Sevilha, empatou aos 48 com o gol do atacante paraguaio Antonio Sanabria.

LIONEL MESSI entrou no intervalo no lugar de Fati, e só precisou de quatro minutos para um corta-luz esplendoroso, deixando Griezmann, diante do gol vazio, para fazer 2 x 1, e de mais 12 minutos, para ele próprio, com a categoria habitual, converter o pênalti que o zagueiro argelino Aissa Mandi cometeu com o braço. Aos 29, o atacante espanhol Loren Moron marcou o segundo do Betis.  Messi fez 4 x 2 aos 37, com passe de calcanhar de Sergi Roberto, que aos 45 cruzou rasteiro para o meia espanhol  Pedri, de 17 anos, fechar a goleada de 5 x 2 do Barcelona.

TER STEGEN, Sergi Roberto, Piqué, Lenglé e Jordi Alba; Busquets (Pjanic), De Jong, Dembélé e Pedri; Griezmann (Braithwaite e depois Trincão) e Fati (Messi, no intervalo) – o time do Barcelona, do técnico Ronald Koeman, holandês de 54 anos. Ansu Fati, de 18 anos, sofreu ruptura do menisco do joelho esquerdo, sem previsão de retorno. O Barcelona é oitavo com 11 pontos em 7 jogos – 3 vitórias, 2 empates, 2 derrotas , saldo de 7 gols (15 a 8). O Betis é treinado pelo ex-zagueiro chileno Manuel Pellegrini, de 67 anos.

PORTUGUÊS BRILHA – O atacante português João Felix, de 20 anos, brilhou com dois gols nos 4 x 0 do Atlético de Madrid sobre o Cadiz, no estádio Wanda Metropolitano. Ele abriu a goleada aos 8 do primeiro tempo, com belo gol de cabeça, e fechou aos 45, além de ter feito boa tabelinha com o uruguaio Luis Suarez, que marcou o terceiro. O outro gol foi do espanhol Marcos Llorente. Dirigido pelo argentino Diego Simeone, o Atlético tem 17 pontos, mas deve perder a liderança, neste domingo (8), para o Real Madrid, com 16 pontos, favorito mesmo jogando fora com o Valencia, no estádio Mestala.

Foto: Sportsnet