O MILAN, UM DOS CLUBES MAIS IMPORTANTES DO MUNDO, está sendo comprado por 1 bilhão de euros – mais de 5 bilhões de reais -, pelo norte-americano Paul Elliot Singer, de 77 anos, gestor do Fundo de Investimento Investcorp, e com fortuna avaliada em mais de 5 bilhões de dólares. A transação será concluída em 15 dias.

ASSOCIAZIONE CALCIO MILAN, nome original em italiano (Calcio significa Futebol), tem 122 anos, foi fundada em 16 de dezembro de 1899, e o Investcorp, com sede em Manama, capital e maior cidade do Bahrein, um dos centros comerciais mais importantes do Golfo Pérsico, quer recolocar o clube como potência mundial.

O FUNDO DE INVESTIMENTO dará apoio total ao Milan nas negociações com a Câmara Municipal para a construção do novo estádio de San Siro, assim chamado nos jogos do Milan, de vez que, quando o mando de campo é da Inter, o estádio é tratado como Giuseppe Meazza, nome do maior artilheiro da arquirrival.

SETE VEZES VENCEDOR da Liga dos Campeões – 2º maior campeão, mas sem o título desde 2006-07 – e 2º maior campeão italiano, mas sem ganhar desde 2010-11 -, o Milan decide nesta 3ª (19), com a arquirrival Inter, a vaga na final da Copa da Itália 2021-22, depois de 0 x 0 no jogo de ida, no estádio de San Siro. O Milan lidera o campeonato com 71 pontos, 2 a mais que a Inter.

O FUTURO DONO DO MILAN já antecipou que Paolo Maldini, maior ídolo da história do clube, hoje aos 53 anos, continuará como diretor técnico. Maldini entrou na base do Milan aos 10 anos e saiu dos gramados aos 41 anos, depois de 902 jogos, 33 gols, 7 títulos de campeão italiano, 5 da Liga dos Campeões e 3 Mundiais de clubes.

PAOLO MALDINI disputou 26 campeonatos italianos consecutivos, e fez história na Liga dos Campeões, ao marcar o gol mais rápido de uma final, aos 51 segundos, em 2004-05, no Estádio Olímpico da Turquia, em Istambul, Milan 3 x 3 Liverpool, que foi campeão nos pênaltis. Foi a derrota que mais sentiu, depois que o Milan fez 3 x 0.

QUANDO PAOLO MALDINI encerrou a carreira, em 2008-09, o Milan decidiu que a camisa 3 só voltaria a ser usada, se fosse por um de seus filhos. Ele é pai de Daniel e Christian, de seu casamento com a ex-modelo venezuelana Adriana Fossa. Maldini elogia sempre os brasileiros Amarildo, Cafu, Kaká e Tiago Silva, ídolos no Milan.

PAOLO MALDINI SE EMOCIONA quando fala do Milan, onde entrou pelas mãos do pai Cesare Maldini, que disputou a final do Mundial de clubes de 1962 com o Santos, ganhando em San Siro e perdendo no Maracanã. Das quatro Copas de que participou, a mais lembrada é a de 1998, em que foi treinado por seu pai.

SOBRE O INVESTIMENTO dos multimilionários do Oriente Médio na compra do Milan, bom lembrar: técnicos de ponta do futebol brasileiro foram os primeiros a serem contratados: Zagallo, que dirigiu as seleções do Kuwait e Emirados Árabes; Parreira, além das duas, a da Arábia Saudita; Tite e Oswaldo de Oliveira, também com muito sucesso como técnicos de clubes.

Foto: Guia do Boleiro