Fato raríssimo na história do futebol foi registrado na noite de ontem (24) na Arena Tose Proeski, da cidade de Tetovo, no Noroeste da Macedônia do Norte, uma das ex-Repúblicas da antiga Iugoslávia, a 52 km da capital Escópia. Antes do jogo em que o Tottenham de Londres venceu (3 x 1) o Shkendija, pela terceira fase da Liga Europa, o goleiro Hugo Lloris, de 33 anos, 1,88m, estranhou a altura da trave, enquanto aquecia com o reserva Joe Hart, de 33 anos, 1,96m, e decidiu chamar o técnico.

SERÁ QUE CRESCI? – José Mourinho, ex-meia de 57 anos, 1,74m, entrou em campo e foi conferir. Na linha do gol, ele ergueu o braço esquerdo e não teve dificuldade em tocar no travessão, e logo emendou a pergunta, provocando risos em seus goleiros: será que cresci? Mourinho viu então que havia grande diferença. A trave mede 7,32m de comprimento por 2,44m de altura. O técnico chamou então o delegado do jogo, que depois de inspeção, também viu a irregularidade e mandou trocar a trave…

SUL-COREANO – Mourinho descontraiu a equipe no vestiário e quem mais riu foi o sul-coreano Son, ponta de 28 anos, desde 2015 no Tottenham. Ele voltou a ser o destaque, marcando o segundo gol e com assistências para o argentino Erik Lamela, ponta-direita de 28 anos, fazer 1 x 0 logo aos 5 minutos, e o inglês Harry Kane – artilheiro da Copa do Mundo de 2018 – marcar o terceiro. O macedônio Valmir Nafiu havia empatado o jogo, por sinal com belo gol, aos 10 do primeiro tempo.

FALTA UM – Depois dos 3 x 1 no Shkendija, da Macedônia do Norte, que ficará na história de Mourinho, o Tottenham ainda precisa vencer o Maccabi Haifa, de Israel, na próxima quinta (1 de outubro), em Londres, para entrar na fase de grupos da Liga Europa, uma espécie de Série B da Liga dos Campeões. Antes, o jogo da segunda rodada da Premier League, com o Newcastle, domingo (27), em Londres. O sul-coreano Son quer repetir o que fez na estreia, nos 8 x 0 no Southampton: 4 gols e uma assistência.

Fotos: Srdjan Stevanovic/Getty Images e Instagram Jose Mourinho