Ana Paula Oliveira, a bandeirinha que aos 29 anos posou nua para a revista Playboy em 2007, assumiu ontem (13) a presidência da Comissão de Arbitragem da Federação Paulista de Futebol e terá como vice Emerson Augusto Carvalho, assistente nas Copas do Mundo de 2014 e 2018. Ela foi a primeira a atuar em três finais do Campeonato Paulista.

MUDOU DE IDEIA – Taurina de 26 de maio de 78, Ana Paula Oliveira é de São Miguel, distrito da Zona Leste da capital paulista, e queria ser jogadora de vôlei, mas ao acompanhar o pai, Joel Oliveira, que foi árbitro, ela mudou de ideia, enquanto atuava como mesária fazendo anotações nos jogos. 

FASCINANTE – Ana Paula Oliveira considera fascinante o mundo da arbitragem, após ter sido a primeira assistente no Campeonato Brasileiro, de 98 a 2007, quando completou a terceira final do Campeonato Paulista, após 2003 e 2004, ano em que atuou nos Jogos Olímpicos. Em 2005 foi assistente na Sul-Americana e na Libertadores.INSTRUTORA – Em 2015 foi instrutora da Conmebol e em 2016 da FIFA. Durante 2019 foi observadora do árbitro de video que a CBF utilizou pela primeira vez no Campeonato Brasileiro. Ana Paula é coordenadora da ENAF – Escola Nacional de Arbitragem de Futebol – desde 2014, com atuação que tem merecido muitos elogios.

DIFERENÇA – Ana Paula Oliveira, hoje aos 41 anos, usa óculos. De acordo com pesquisa de oftalmologistas notáveis, entre eles o Dr.Paulo Frederico Melo, da Clínica de Olhos Leblon, na Zona Sul do Rio, “a mulher tem visão periférica mais acentuada que a do homem, que enxerga sempre mais à longa distância”.

BOM LEMBRAR – Ana Paula Oliveira deixou de ser árbitra da CBF depois que o diretor da Comissão Nacional de Arbitragem, Edson Rezende de Oliveira, ex-árbitro, que assumiu em outubro de 2005 e saiu dois anos depois, desaprovou suas fotos nuas na Playboy.

Foto: Rodrigo Corsi