Depois de duas derrotas consecutivas como visitante – 2 x 1 para o Ceará e 2 x 0 para o Santos -, o Atlético Mineiro subiu três posições e terminou a oitava rodada em quinto lugar, com a goleada por 4 x 1 sobre o Atlético Goianiense, na noite desta quinta (1), no Mineirão, em que brilharam com grande atuação e dois gols os argentinos Matias Zaracho, meia de 23 anos, comprado do Racing, e Nacho Fernandez, meia e ponta de 31 anos, comprado do River Plate.

EM 15 MINUTOS – O Atlético teve início arrasador e praticamente liquidou o jogo em 15 minutos. O Atlético Goianiense resistiu o quanto pôde à pressão, até que aos 27 minutos, com excelente assistência de Hulk, o meia Matias Zaracho fez o primeiro gol, o que se repetiu 10 minutos depois, quando ele ampliou para 2 x 0. Revelação de 2019 e tratado como A Joia, ele foi campeão argentino e revelação do campeonato pelo Racing de Buenos Aires.

DOIS NO FINAL – Os gols de Nacho Fernandez foram no final de cada tempo. Ele fez o terceiro aos 42 do primeiro, com assistência do venezuelano Savarino, e fechou a goleada de 4 x 1, aos 43 do segundo tempo, com outra assistência preciosa de Hulk, sem gol, mas em noite de grande atuação no Mineirão. O gol do Atlético Goianiense, quando já perdia por 3 x 0, foi do meia Marlon Freitas aos 45 do primeiro tempo.

EVERSON, Mariano, Igor Rabelo, Rever e Tchê Tchê; Jair, Nacho Fernandez e Matias Zaracho (Neto); Savarino (Nathan), Hulk e Marrony (Hyoran) – o Atlético do técnico Cuca, que subiu três posições e terminou a oitava rodada em quinto lugar com 13 pontos – 4 vitórias, 3 derrotas, 1 empate, saldo de 2 gols (10 a 8) – e só voltará a jogar segunda (5) com o Cuiabá, no encerramento da nona rodada, na Arena Pantanal.

SEGUNDA – Depois de estrear levando a virada (2 x 1) do Fortaleza e de empatar (1 x 1) com a Chapecoense, foi apenas a segunda vitória do Atlético no Mineirão, após 1 x 0 no São Paulo. O técnico Cuca está começando a revezar jogadores para evitar desgaste. Dia 13 o Atlético estreia nas oitavas da Libertadores com o Boca. O Atlético Goianiense, do técnico carioca Eduardo Barroca, perdeu a primeira como visitante, depois de ganhar (1 x 0) do Corinthians e do 0 x 0 com o Fortaleza.

Foto: Sportbuzz