A Juventus de Turim, que tenta o nono título italiano consecutivo, assumiu a liderança do campeonato 2019-2020, ao vencer (2 x 1) a Internazionale, no clássico deste domingo (6), diante de 80 mil torcedores, no estádio Giuseppe Meazza, no bairro de San Siro, em Milão. A Juventus só teve direito a 2.500 ingressos e seus torcedores fizeram a festa.

ARGENTINOS – Depois de seis vitórias nas seis primeiras rodadas, a Inter começou a perder a invencibilidade e a liderança logo aos quatro minutos, quando o meia canhoto Pablo Dybala (25 anos) abriu o placar com um cruzado rasteiro. Lautaro Martinez (22) empatou aos 18, convertendo pênalti, cometido com o braço pelo zagueiro holandês De Ligt

SAIU DO BANCO – O terceiro gol argentino no derbi italiano foi do mais velho, Gonzalo Higuain (31), que aos 18 do segundo tempo substituiu o meia italiano Federico Bernardeschi (25). Da entrada da área, ele disparou um foguete no canto, sem chance para o goleiro Samir Handanovic, 35 anos, 1,93m, que saltou sem chegar na bola.

RECLAMAÇÃO – O árbitro Gianlucca Rocchi, florentino de 46 anos, desde 2008 na FIFA, foi contestado pelos jogadores da Inter ao marcar o toque do zagueiro De Ligt, e cobrado pelos da Juventus por não ter dado um pênalti do zagueiro uruguaio Diego Godin em Pablo Dybala, no último lance do primeiro tempo. Decidiu sozinho, sem consultar o VAR.

LIDERANÇA – Mesmo sem a habitual participação de Cristiano Ronaldo, que pouco fez, a Juventus assumiu a liderança com 19 pontos – 6 vitórias, 1 empate, 13 gols pró e 6 contra – e a Inter é vice-líder com 18 pontos – 6 vitórias, 1 derrota, 14 gols a favor e 4 contra. Os times são dirigidos por italianos: Maurizio Sarri, 60 anos, da Juventus, e Antonio Conte, 50 anos. Detalhe: ambos eram técnicos do londrino Chelsea, antes de voltar à Itália.

EX-FLAMENGO – O zagueiro Leo Duarte, ex-Flamengo, teve boa estreia sábado (5) no Milan, que voltou a vencer (2 x 1) depois de três derrotas. O jogo foi com a Genoa e registrou quatro expulsões, duas de cada time. O meia Paquetá reapareceu, após recuperado de problema muscular.

Foto: Correio24horas