O TÉCNICO LUIS CASTRO chega ao Rio amanhã (27), pela manhã, e à tarde, no Maracanã, vai conhecer o time do Botafogo, que assumirá na volta à Série A, com estreia dia 9 de abril com o Corinthians, no estádio Nilton Santos. A intertemporada em Atibaia está na pauta da conversa do treinador com os dirigentes do Botafogo.

COM LUIS CASTRO, chegarão os assistentes João Brandão e Vitor Severino; o analista de desempenho Nuno Batista; o preparador fisico Roberto Oliveira, único brasileiro, e o treinador de goleiros Daniel Correia. O contrato de toda a comissão técnica será até o final da temporada de 2023.

O CURRÍCULO do novo técnico do Botafogo não é dos melhores. Além do Shahktar, da Ucrânia, e do Vitória de Guimarães, quase sempre no meio da tabela do Campeonato Português, as outras equipes que dirigiu não têm credenciais: Chaves, Rio Ave, Penafiel, Sanjoanense, Mealhada, Águeda e Estarreja.

O BOTAFOGO precisa vencer por dois gols para ser finalista e decidir o título carioca de 2022 com o Flamengo, amplo favorito à quarta conquista consecutiva. O Fluminense pode até perder por um gol, depois de ter vencido o jogo de ida, no estádio Nilton Santos, por 1 x 0, gol de Jhon Arias.

O FLUMINENSE terá dificuldade para se classificar na fase de grupos da Copa Sul-Americana, entre 6 de abril e 26 de maio, principalmente por fazer os dois últimos jogos como visitant, com Union Santa Fé, na Argentina, e Oriente Petrolero, na Bolívia.

O FLUMINENSE estreará em casa com o Oriente Petrolero e será visitante no segundo jogo com o colombiano Junior Barranquilla. Só o primeiro colocado se classifica para as oitavas de final. A fase de grupos começa com 900 mil dólares por jogo em casa e nem mesmo o prêmio ao campeão é animador: 5 milhões de dólares. O do vice-campeão é de 2 milhões de dólares.

Foto: Enfoco