Escolha uma Página

ÚNICOS INVICTOS em oito rodadas, Real Madrid e Barcelona decidirão domingo (16) a liderança de La Liga, como é tratado o Campeonato Espanhol. Entre os maiores clássicos do mundo, será o primeiro de Robert Lewandowski, campeão e artilheiro dos últimos oito campeonatos alemães com o Bayern Munique.

A ESTREIA DE LEWANDOWSKI no clássico será especial, por ser o artilheiro do campeonato, com 9 gols em 8 jogos. Real Madrid e Barcelona estão iguais, com 7 vitórias e 1 empate, mas o Barcelona lidera pelo saldo de gols (19 a 12). O Barça fez 19 e sofreu só 1 gol em 8 jogos, e o Real Madrid marcou 19 e sofreu 7 gols.

SERÁ O 9º JOGO de Lewandowski contra o Real Madrid, desde a 4ª feira, 24 de outubro de 2012, quando era do Borussia Dortmund e venceu por 2 x 1, pela Liga dos Campeões. Lewandowski marcou o 1º gol, Cristiano Ronaldo empatou e o lateral Marcel Schmezel fez o da vitória, levando a torcida ao delírio em Dortmund.

O 1º JOGO DE LEWANDOWSKI no estádio Santiago Bernabeu foi na 2ª feira, 11 de junho de 2012, quando deu assistência a Marco Reus para o gol de empate (1 x 1). O artilheiro relembra: “Uma atmosfera diferente. O estádio é imponente, o público valoriza o jogo e a motivação se torna especial do começo ao fim”. 

O PONTA RAPHINHA, gaúcho de 25 anos, há três meses no Barcelona, também disputará o clássico pela primeira vez, e já entra provocando o rival: “Sabemos o que fazer para vencer. Eles é que têm que entrar com cuidado” – diz Raphinha, titular da seleção brasileira, estreante na Copa do Mundo do Catar.

O EX-SANTISTA RODRYGO, de 21 anos, vice-artilheiro do Real Madrid, ainda não fez gol no Barcelona, em quatro temporadas. Com a recuperação do francês Benzema, que já marcou 11 gols em 38 confrontos com o Barcelona, não é certo que Rodrigo inicie o clássico. 

A FRUSTRAÇÃO NO CLÁSSICO é do meia croata Luka Modric, de 37 anos, no Real Madrid desde 2012. Só depois de oito anos de confrontos com o Barcelona, ele marcou o primeiro gol, em 2020, e relembra: “O gol até que foi bonito, mas não havia ninguém para comemorar porque os estádios estavam fechados pela Covid”. 

O REAL MADRID terá a volta do belga Courtois, de 30 anos, 1,99m, um dos melhores goleiros do mundo, que vinha sendo substituído pelo ucraniano Andriy Lunin, de 23 anos, 1,94m, com atuações elogiadas pelo técnico italiano Carlo Ancelotti. Os 81.844 ingressos foram vendidos e Javier Hernandez será o árbitro do clássico.

Foto: Esportes Estadão