Nenhuma surpresa na decisão da Inter de Milão, nesta última segunda (25) de novembro de 2019, de que vai praticamente dobrar o valor que havia pedido ao Flamengo pela venda do artilheiro Gabriel. O atacante foi emprestado, sem custo, durante todo o ano, em que o Flamengo apenas pagou o salário que ele ganhava na Itália.

PODE VOLTAR – O aumento do valor da venda e até mesmo a reintegração do jogador ao elenco, que a Inter também admite, não podem causar estranheza, um dia depois de o Flamengo ganhar dois títulos em um fim de semana, e de o atacante ser o artilheiro do Brasileirão e autor dos dois gols da virada, na reconquista da Libertadores, após 38 anos.

OUTRO FATOR – O faturamento elevado do Flamengo, no Campeonato Brasileiro, na Libertadores e no Mundial de clubes, não fica indiferente ao mercado internacional. A Inter acompanha toda a movimentação e sabe da disponibilidade dos valores atuais do Flamengo, sempre com estádios cheios, além de bom retorno dos patrocinadores.

OUTRA APOSTA – A Inter admite outra aposta na volta de Gabriel, que não foi bem-sucedido em duas temporadas na Europa. Em 2016, comprado do Santos por 28 milhões de euros, só fez 1 gol em 10 jogos, no ano seguinte, o da vitória sobre o Bologna, em 19 de fevereiro de 2017. Ficou a maioria dos jogos na reserva, por opção do técnico holandês Frank de Boer.

NO BENFICA – A Inter decidiu então emprestá-lo, sem custo, ao Benfica, em 31 de agosto de 2017. Gabriel também pouco saiu do banco de reservas, por opção do técnico Rui Vitória, e só disputou 5 jogos, marcando 1 gol, o da vitória sobre o modesto Olhanense, em 14 de abril de 2017, em jogo da Taça de Portugal.

RENASCEU – Gabriel voltou ao Santos em 25 de janeiro de 2018, outra vez emprestado pela Inter, e renasceu como artilheiro, com 27 gols em 53 jogos na temporada. Foi o artilheiro – 18 gols em 50 jogos – e único do time na seleção do Campeonato Paulista, mas acabou voltando a Milão porque o Santos não pôde comprá-lo.

FLAMENGO – Foi então que em 8 de janeiro de 2019 o Flamengo conseguiu o empréstimo de Gabriel, sem custo, pagando só o salário, em torno de R$1.300 mil, que recebia na Itália. Bom dizer: nas três vezes em que emprestou o jogador, a Inter não estipulou o valor da venda. Os 54 gols em 40 jogos, até agora, lógico que aumentaram a valorização.

126 GOLS – Gabriel Barbosa Almeida, paulista, 23 anos, nascido em 30 de agosto de 1996, em São Bernardo do Campo, canhoto, 1,78m, marcou 126 gols em 279 jogos na carreira. Estreou contra o Flamengo (0 x 0), em 26 de maio de 2013, no Campeonato Brasileiro, em jogo da despedida de Neymar, no estádio Mané Garrincha, em Brasília.

Foto: Tarobá