Nenhum famoso do futebol mundial tem sido mais generoso, nos tempos atuais de pandemia, que Cristiano Ronaldo. O artilheiro multimilionário tem feito ações, e não só no combate ao novo coronavírus, registradas como autênticos gols de placa, como os leilões da Chuteira de Ouro e da Bola de Ouro, que tirou da preciosa coleção de prêmios.

HOSPITAIS – Desde março, o artilheiro da Juventus faz doações mensais equivalentes a 20 milhões de reais, a hospitais de Lisboa e do Porto. Daniel Ferro, diretor-geral do Santa Maria, um dos bem-equipados da capital portuguesa, disse que além de leitos e ventiladores, o hospital também pôde adquirir mais quatro UTIs de última geração.

FORTUNA – Calculada em libras, moeda mais valorizada do mundo, a fortuna de Cristiano Ronaldo é de 500 milhões, o equivalente a quase 4 bilhões de reais. A renda mensal na Juventus fica abaixo do que ele fatura com os patrocínios da Nike, Armani, Herbalife e das suas próprias marcas de roupas (as íntimas são as preferidas) e de sapatos.

SEM FALTA – O que ganha no total, permite-lhe poder abrir mão de 25%, de março a junho, do salário da Juventus, que varia, dependendo de o mês ser de quatro ou cinco semanas. Em 2021, como capitão de Portugal, ele doará 50% do que vai receber na Eurocopa, maior torneio de seleções, e já convenceu os companheiros da seleção a que também doem.

TATUAGENS – Cristiano Ronaldo, aos 32 anos, não faz tatuagens no corpo e sempre pede aos companheiros que também evitem. O objetivo é não ter problema ao doar sangue, o que faz com frequência, para transplantes. Seus cuidados com a saúde aumentaram desde 2007, quando Dolores Aveiro, de 65 anos, sua mãe, foi curada do câncer de mama.

OUTRAS DOAÇÕES – O artilheiro fez outras doações, retribuindo o apoio da equipe médica pela recuperação do AVC, sofrido em março por sua mãe, que saiu sem sequelas. Cristiano Ronaldo também deu outra demonstração de generosidade, ao comprar uma ilha inteira na Grécia e oferecer de presente de casamento ao seu agente Jorge Mendes, de quem é padrinho. A ilha custou 40 milhões de euros (R$249 milhões).

EMBAIXADOR – Cristiano Ronaldo é embaixador de três grandes instituições: SAVE THE CHILDREN – organização não governamental de defesa dos direitos da criança no mundo, ativa desde 1919, em Londres.

WORLD VISION – ONG de ajuda humanitária, sediada em Londres desde 1950 e ativa em 100 países, beneficiando três milhões de pessoas, com projetos de educação e saúde. UNICEF – com sede em Nova York, desde 1946, promove a defesa dos direitos das crianças, contribuindo para o desenvolvimento em condições duradouras.

Fotos: The Sun