Escolha uma Página

COM TODOS OS MÉRITOS, o Vasco está de volta ao seu lugar de destaque na elite do futebol brasileiro. A vitória da noite de ontem (6) sobre o Ituano por 1 x 0, no estádio Novelli Junior, em Itu, fez justiça ao time, que só precisava do empate. O Vasco apagou a página da Série B. Apertem os cintos: o Gigante da Colina voltou!

O VASCO ESTÁ OLHANDO em todas as direções para a volta triunfal em 2023. Os investimentos serão de grande porte. O comando técnico será renovado e o elenco terá nomes expressivos. O Centro de Treinamento Moacyr Barbosa terá nova estrutura. O Vasco vai entrar firme na disputa pela parceria do Maracanã.

CAMPEÃO DA SÉRIE A pela última vez em 2000, quando também disputou a final do Mundial de clubes, com mais de 100 mil torcedores no Maracanã, o Vasco não admite ficar mais tanto tempo sem comemorar o título mais expressivo do futebol do país. Campeão brasileiro de 2023 é um dos objetivos do Gigante.

FOI A 5ª VITÓRIA DO VASCO, 2ª no returno, 3ª sem sofrer gol. A equipe passou por ventos brandos, mas enfrentou temporais e soube superar os problemas. Quem conhece, pouco que seja, a história do Vasco, sabe muito bem que o clube sempre encontra força para vencer os obstáculos. 

O VASCO LIQUIDOU o jogo em cinco minutos. O zagueiro Lucas Costa, do Ituano, fez pênalti claro, ao desviar com a mão o chute de Gabriel Pec, logo aos três minutos, sem que o árbitro Wilton Sampaio tenha precisado de auxílio do VAR. A cobrança de Nenê, deslocando o goleiro, foi com a categoria habitual.

O CHORO DE NENÊ, na comemoração da classificação, não deixou dúvida quanto ao sentimento, e nem mesmo seria preciso que dissesse: “Eu amo esse clube”. Do alto dos seus 41 anos, experiente e seguro, Nenê apareceu sempre bem nos momentos mais difíceis da equipe. A meu juízo, a referência da campanha.

THIAGO RODRIGUES, Leo Matos, Danilo Boza, Anderson (c) e Luis Henrique (Zé Gabriel); Yuri (Erick), Andrey e Nenê (Zé Vítor); Figueiredo, Raniel (Fabio Gomes)  e Gabriel Pec (Marlon) – o time da última jornada da volta do Vasco à Série A em 2023.

O VASCO AINDA PODE terminar em 3º, dependendo de ganhar os pontos do 1 x 1 com o Sport, no julgamento de 4ª feira (9). 4º com 62 pontos, igual ao Bahia, o Vasco pode ficar com 65 pontos, igual ao Grêmio, mas o Grêmio tem o dobro de vantagem no saldo de gols (24 a 12). O campeão Cruzeiro somou 73 pontos, 23 vitórias e saldo de 31 gols (57 a 26). 

Fotos: Página 1, Folha de Boa vista, Correio Brasilense, Jovem Pan e Informa Rio, Lance!