Nem Cristiano Ronaldo nem Messi, recordistas do prêmio de melhor do mundo nos últimos dez anos. O maior artilheiro do mundo em 2019 é Robert Lewandowski, polonês de 31 anos, 1,85m, destro, que marcou 54 gols em 58 jogos pelo Bayern de Munique e pela seleção da Polônia. Messi, o segundo, 50 gols em 58 jogos, e o francês Mbappé, do PSG, 44 gols em 49 jogos. Cristiano Ronaldo, da Juventus e Portugal, quinto com 39 gols.

JUDÔ E VÔLEI – Lewandowski nasceu em família do esporte: o pai, judoca; a mãe, exímia levantadora de vôlei, todos de Varsóvia, capital da Polônia. Leonino de 21 de agosto de 1988 – os vascaínos gostarão da coincidência -, dia em que o Vasco comemorou 100 anos. Bicampeão alemão no Borussia Dortmund – 2010-11 e 2011-12 -, fez 103 gols em 187 jogos, saindo em 2014 para o Bayern de Munique.

MÉDIA 1.20 – O artilheiro faz parte do elenco dos últimos cinco títulos consecutivos que o Bayern ganhou no Campeonato Alemão, com a média de 1.20 gols. De 2014-15 a 2018-19, foram 221 gols em 267 jogos. Apesar de convites insistentes, nunca aceitou se naturalizar para jogar pela Alemanha. De 2008 a 2019, 112 jogos, 61 gols pela Polônia.

LEWANDOWSKI planeja ser técnico. Em 9/10/2017, um dia depois de marcar o gol da classificação para a Copa do Mundo de 2018, recebeu o diploma de professor de Educação Física da Universidade de Varsóvia. Tem contrato com o Bayern até 2021 e ótimo ambiente no clube, o mais rico do estado da Baviera, belíssima região do Sul da Alemanha.

AS EXCEÇÕES – Nos últimos dez anos, só o inglês Harry Kane, do londrino Tottenham e artilheiro da Copa de 2018, e o bósnio Edin Dzeko, da Roma, conseguiram quebrar a hegemonia dos goleadores Messi e Cristiano Ronaldo. Kane foi o artilheiro de 2017 com 56 gols e Dzeko, em 2018, com 51, em sua temporada mais brilhante na Itália. 

A CHANCE – A maioria dos campeonatos europeus só recomeça em janeiro de 2020. O da Inglaterra, mantendo a tradição do Boxing Day, ainda terá duas rodadas antes do dia 31. Com 41 gols, o jamaicano naturalizado inglês Raheem Sterling, do City, tentará a chance de tirar o francês Mbappé, do PSG, com 44, do terceiro lugar dos artilheiros de 2019.