Escolha uma Página

DOIS DIAS APÓS A VIRADA HISTÓRICA no Fla-Flu, que valeu a 12ª Taça Guanabara, segunda consecutiva, mais de 35 mil tricolores fizeram outra festa esplendorosa no Maracanã, com a apresentação de Marcelo, na noite de ontem (10). Mario Bittencourt, presidente do Fluminense, cantou o hino do clube e os torcedores o acompanharam sob muita empolgação.

DEPOIS DO SHOW MUSICAL, Marcelo foi recebido pelo artilheiro Fred, hoje diretor, e a camisa tricolor 12 lhe foi entregue pelos filhos Enzo e Lian, e por Lorenzo, filho de Cano, e Henrico, filho de Ganso, todos fazendo o L, em homenagem ao maior artilheiro do futebol brasileiro de 2022.

MARCELO e CLARICE, bem-casados desde 2008, entraram de mãos dadas no gramado do Maracanã, às 20h45min, ladeados pelos filhos Enzo, de 13 anos, em formação na base do Real Madrid, e Liam, de 7 anos, ambos com a camisa 12, número que Marcelo escolheu por ser taurino de 12 de maio de 1988.

MUITO EMOCIONADO, Marcelo deu a volta em campo em passos lentos, curvando-se e batendo com a mão direita no peito, em agradecimento, e até regendo os torcedores, que fizeram o coro: “Uh, vem que tem, o Marcelo é de Xerém”. Marcelo sempre procurou estar o mais perto possível dos torcedores.

AO USAR O MICROFONE sem fio, Marcelo dobrou a empolgação dos torcedores: “Estou vivendo um dos momentos mais felizes da minha vida. Foram 17 anos longe de casa, mas estou alegre e muito, muito feliz por voltar. Vou treinar, vou correr, vou lutar, com muita vontade, muita garra e muita paixão”. O estádio explodiu!

DOMINGO, 30 DE JUNHO DE 2013, o dia do último jogo de Marcelo no Maracanã, ao ganhar a Copa das Confederações, com 3 x 0, dois de Fred e Neymar, na Espanha, que perdeu 29 jogos de invencibilidade. Marcelo fez seis gols em 58 jogos pela seleção e participou das Copas do Mundo de 2010 e 2014.

MARCELO ASSISTIRÁ ao jogo de amanhã (12), em Volta Redonda, e treinará pela primeira vez no CT Carlos Castilho, 2ª feira (13). Hoje, sábado (11), faz dois meses que Marcelo disputou o último dos 10 jogos pelo Olympiacos, da Grécia, marcando três gols. Ele está inscrito e regularizado, e pode estrear quando o técnico Fernando Diniz quiser.

Fotos: ESPN e Jovem Pan