COM A SEGUNDA MAIOR GOLEADA E O PRIMEIRO HAT-TRICK da 22ª Copa do Mundo, Portugal deu um show e fez a Suíça provar do próprio “veneno”, que fabrica como nenhum outro no mundo, com o chocolate de 6 x 1, na noite desta 3ª feira (6), diante de 83.720 espectadores, no estádio Lusail, no Catar. 

PORTUGAL FECHOU com chave de ouro, de 18 quilates, o grupo seleto de oito que disputarão as quatro vagas nas semifinais da primeira Copa no Oriente Médio e última das sete com 32 seleções. Gonçalo Ramos só havia jogado 10 minutos e foi o primeiro a fazer três gols em um jogo, o 53º hat-trick da história das 22 Copas. 

GONÇALO RAMOS, nascido na 4ª feira, 20 de junho de 2001, em Olhão, no Algarve,  tornou-se o segundo mais jovem, em mata-mata de Copa, a fazer três gols em um jogo, aos 21 anos, 5 meses e 16 dias. Pelé, em seu único hat-trick em Copa, tinha 17 anos, 8 meses e 1 dia, quando fez três gols nos 5 x 2 na França, na semifinal de 58.

GONÇALO RAMOS marcou o primeiro dos seis gols de Portugal na Suíça, aos 17 minutos, com chute de canhota. No 2º tempo ele fez o terceiro aos 6 minutos e o 5º aos 22, sendo substituído aos 29 minutos por Cristiano Ronaldo, que saiu do banco de reservas para aplaudi-lo em todos os três gols que marcou.

REVELADO NO Olhanense, da cidade onde nasceu, Gonçalo Ramos integrou-se à base do Benfica, aos 12 anos, em 2013, foi vice-campeão sub-19 e sub-21, estreando na equipe principal em julho de 2020 e estendeu o contrato até 2025. Foi convocado pela primeira vez para a seleção pelo técnico Fernando Santos em 20 de setembro.

O SEGUNDO GOL dos 6 x 1 foi do zagueiro Pepe, de 39 anos, o mais velho a marcar em mata-mata, ao completar de cabeça o escanteio do meia Bernardo Silva, aos 33. Pepe é alagoano e saiu da capital Maceió aos 17 anos, quando iniciou no Porto. Obteve a cidadania portuguesa em 2007 e no mesmo ano estreou na seleção.

APÓS ELEITO melhor jogador da final da Eurocopa de 2016, Portugal 1 x 0 França, em Paris, Pepe recebeu do presidente da República o prêmio de Comendador da Ordem do Mérito de Portugal. Ele também ganhou com a seleção portuguesa a Liga das Nações de 2018-19 e é respeitado pelo seu altíssimo nível profissional.

ASSIM QUE VIU Cristiano Ronaldo se preparando para entrar, Pepe saiu de sua área, tirou a braçadeira de capitão que estava usando e foi à beira do gramado colocá-la no braço esquerdo do atacante. Sinal de respeito, admiração e amizade pelo companheiro com quem comemorou grandes vitórias e títulos no Real Madrid.

PORTUGAL AMPLIOU em quatro minutos, com Gonçalo Ramos fazendo 3 x 0 aos 6 minutos e Raphael Guerreiro aos 10. A reação da Suíça, com o gol do zagueiro Akanji, do Manchester City, aos 13, foi logo abafada com o 3º gol de Gonçalo Ramos aos 22. Rafael Leão, que brilha no Milan, fechou a goleada com belo gol aos 47.

A SELEÇÃO DA MAIOR GOLEADA da Copa do Mundo de 2022: Diogo Costa, Diogo Dalot, Pepe (c), Ruben Dias e Raphael Guerreiro; Otávio (Vitinha), William Carvalho, Bernardo Silva (Ruben Neves) e Bruno Fernandes (Rafael Leão); Gonçalo Ramos (Cristiano Ronaldo) e João Félix (Ricardo Horta). 

O TÉCNICO FERNANDO SANTOS, lisboeta de 68 anos, ex-zagueiro e engenheiro eletrônico, foi muito breve sobre o astro da seleção ter ficado na reserva: “Sem ele também podemos vencer e até de goleada”. O técnico ainda se ressente do insulto que lhe foi dirigido por Cristiano Ronaldo, ao sair no jogo com a Coreia do Sul.

DIANTE DA INSISTÊNCIA para que falasse sobre Cristiano Ronaldo só ter entrado nos minutos finais, quando substituiu precisamente Gonçalo Ramos, autor de três gols, o técnico foi ainda mais enfático: “Não há jogador intocável, como não foram outros tantos extraordinários, entre eles Eusébio, nossa maior referência de sempre”.

  • PORTUGAL SÓ ESTREOU em Copa em 1966, quando ganhou o 3º lugar, dirigido pelo carioca Oto Glória e tendo em Eusébio, com 9 gols, seu único artilheiro em Copas. A segunda melhor colocação foi o 4º lugar, na Copa de 2006, com o técnico gaúcho Luis Felipe Scolari. Portugal está disputando a Copa pela oitava vez em 2022.
  • PORTUGAL 6 x 1 SUÍÇA teve atuação correta do mexicano Cesar Arturo Ramos, de 38 anos, na Fifa desde 2017, quando apitou nos Emirados Árabes a final do Mundial de clubes, Real Madrid 1 x 0 Grêmio, gol de Cristiano Ronaldo. Ramos marcou 22 faltas (10 da Suíça, que teve os dois únicos advertidos com cartão amarelo).
  • PORTUGAL x MARROCOS, sábado (10), vale vaga nas semifinais da Copa de 2022. O técnico Fernando Santos disse respeitar muito a seleção africana, que em 1986, no México, eliminou Portugal (3 x 1) nas oitavas, depois de 0 x 0 com Polônia e Inglaterra na fase de grupos. O técnico de Marrocos era o carioca José Faria.
  • A MAIOR GOLEADA de Portugal em Copa do Mundo foi sobre a Coreia do Norte por 7 x 0, na 2ª feira, 21 de junho de 2010, no estádio Green Point, na África do Sul. Raul Meireles e Simão Sabrosa fizeram os gols do 1º tempo, e na volta do intervalo, Hugo Almeida, Tiago Mendes (2), Liedson (ex-Corinthians) e Cristiano Ronaldo completaram.

Fotos: Divulgação R7