Consumou-se com a derrota da noite de ontem (5), no estádio Nilton Santos, por 1 x 0 para o Sport, em sua única vitória fora de casa em sete jogos do returno, o terceiro rebaixamento do Botafogo. Como em 2002 e 2014, o clube que mais teve jogadores nas seleções campeãs do mundo de 58 e 62, e o artilheiro e o técnico da seleção campeã do mundo de 70, disputará a Série B de 2021, faltando ainda os jogos com Grêmio, Goiás, São Paulo e Ceará, simplesmente para que cumpra a tabela.

ÚLTIMO – A tendência é que o Botafogo termine 2021 em último lugar, tal como em 2002, quando ficou atrás do Gama, de Brasília; da Portuguesa, de São Paulo, e do Palmeiras, no último campeonato antes dos pontos corridos, com 26 times. O Santos ganhou o sétimo título, dirigido pelo ex-goleiro Emerson Leão, com 2 x 0 e 3 x 2 na decisão com o Corinthians, do técnico Parreira. Foram 339 jogos e 1.025 gols, com Luis Fabiano (São Paulo) e Rodrigo Fabri (Grêmio), artilheiros com 19.

ROJÕES – O Botafogo foi rebaixado em 2002, ao perder na penúltima rodada para os reservas do São Paulo (1 x 0, gol de Dil), no estádio Caio Martins, em Niterói, onde os torcedores atiraram rojões no gramado. Time: Carlos Germano, Marcio Gomes (Rodrigão), Gilmar Sandro e Rodrigo; Carlos Alberto, Almir, Lúcio e Esquerdinha (Camacho); Daniel (Geraldo) e Ademilson. O time teve quatro técnicos: Artur Bernardes, Abel Braga, Ivo Wortmann e Carlos Alberto Torres, nos três jogos finais.

CAMPANHA – Último dos 26, o Botafogo ganhou 25 pontos em 25 jogos – 6 vitórias, 7 empates, 12 derrotas, saldo negativo de 15 gols (24 a 39) -, e ao suceder Mauro Nei Palmeiro, o presidente Bebeto de Freitas contratou o técnico Levir Culpi. O Botafogo foi vice-campeão da Série B em 2003 – Palmeiras campeão -, e ficou em quarto lugar na volta à Série A em 2004, ano do centenário. A referência era o goleiro Jefferson e o time teve três técnicos: Levir Culpi, Mauro Galvão e Paulo Bonamigo.

PENÚLTIMO – Em 2014 o Botafogo foi rebaixado na penúltima rodada, ao perder para o Santos (2 x 0, gols de Leandro Damião), na Vila Belmiro. O técnico era Vagner Mancini, hoje no Corinthians, e o time terminou em penúltimo com 34 pontos – 9 vitórias, 7 empates, 22 derrotas, saldo negativo de 17 gols (31 a 48) -, depois do Vitória e do Bahia, e só à frente do Criciúma. 101 times disputaram o Brasileiro de 2014, e além de campeão, o Cruzeiro teve o melhor jogador: Everton Ribeiro. O artilheiro Fred, do Fluminense, fez 19 dos 2.707 gols, marcados em 1.153 jogos.

CAMPEÃO – O Botafogo foi campeão da Série B de 2015, com uma rodada de antecedência, ao vencer (2 x 1) o ABC, no estádio Mané Garrincha. Os destaques eram o goleiro Jefferson, o volante Lindoso, o atacante Neilton, e os autores dos gols, o zagueiro Roger Carvalho e o volante Willian Arão. Técnico, Ricardo Gomes. O Botafogo ficou em quinto na volta à Série A em 2016 – Palmeiras campeão, Santos vice -, depois do Atlético Mineiro, terceiro, e do Flamengo.

ÚLTIMA CHANCE – Nos jogos com o Grêmio, depois de amanhã (8), Goiás, São Paulo e Ceará, o Botafogo terá a última chance para que a campanha de 2020 não seja a pior dos seus três rebaixamentos. Último com 24 pontos dos 102 disputados, o Botafogo é o que menos venceu (4), segundo que mais empatou (12), um dos cinco que mais perderam (18), segundo pior ataque (27) e terceira defesa mais vazada (53).

PRIMEIRA VEZ – Com o 1 x 0 da noite de ontem (5), o Sport venceu o Botafogo, pela primeira vez, no estádio Nilton Santos, depois de seis derrotas e um empate. O gol do gaúcho Iago Maidana, que hoje (6) faz 25 anos, zagueiro mais alto (1,97m) do Brasileiro 2020, emprestado pelo Atlético Mineiro, foi o quarto que fez de pênalti. Desde outubro de 1994, na sétima rodada do Campeonato Brasileiro, quando goleou (5 x 2), no estádio Caio Martins, em Niterói, o Sport não ganhava do Botafogo.

RESPINGOU NO VASCO – Com 38 pontos e 11 vitórias, o Sport tirou o Vasco, com 37 pontos e 9 vitórias, do décimo quarto lugar. O Vasco caiu para o décimo sexto, só um ponto à frente do Bahia (36), que o supera em vitórias (10 a 9), segundo ítem de desempate. Jogos restantes do Sport serão com Internacional, Bragantino, Atlético Mineiro e Athletico Paranaense; o Vasco faz confronto direto com o Fortaleza, quarta (10), na Arena Castelão, e depois joga com Internacional, Corinthians e Goiás. O Bahia jogará hoje (6) com o Goiás e depois com Atlético Mineiro, Fortaleza e Santos.

Foto: André Durão