BEM AO SEU ESTILO, O VASCO está de volta à Série A do Campeonato Brasileiro, depois da estupenda virada sobre o Criciúma por 2 x 1, em mais uma noite de esplendor e festa em São Januário, com a torcida outra vez jogando com o time. 12ª vitória em 18 jogos do único time que não perdeu em casa na Série B de 2022.

O VASCO ULTRAPASSOU o Bahia, que caiu para 3º com 58 pontos, ao empatar em Salvador com o Vila Nova em 1 x 1, e com 59 pontos e 16 vitórias, só sairá da vice-liderança se o visitante Grêmio, 4º com 58 pontos, vencer o Náutico, já rebaixado, neste domingo (23), no estádio dos Aflitos, no Recife.

O VASCO NÃO FEZ BOM 1º tempo, sentiu o gol do atacante paulista Hygor, de 30 anos, emprestado pelo Fortaleza, que aproveitou bem o cruzamento rasteiro do meia Lohan, e quase sofreu o 2º gol do próprio Hygor, aos 19 do 2º tempo. A virada veio em 12 minutos, com os gols de cabeça de Nenê e Fabio Gomes.

THIAGO RODRIGUES, Leo Matos (Bruno Tubarão), Danilo Boza, Anderson (c) e Edimar; Yuri Lara (Palacios), Andrey, Marlon (Fabio Gomes) e Alex Teixeira (Nenê); Figueiredo e Eguinaldo (Gabriel Pec, que fez o cruzamento preciso para o gol da virada com a cabeçada de Fabio Gomes). Técnico – Jorginho.

VASCO 2 x 1 CRICIÚMA registrou R$640.314,00. 19.403 pagantes. O árbitro goiano Wilton Pereira Sampaio e seus assistentes Bruno Pires, também da Federação Goiana, e Bruno Boschilia, da Federação Catarinense, tiveram tão boa atuação quanto no Flamengo 1 x 1 Corinthians. Os três atuarão na Copa do Mundo.

O VASCO REALIZA 5ª FEIRA (27) o último jogo de 2022 em São Januário com o Sampaio Corrêa, que o venceu no turno por 3 x 1, em São Luis. O time maranhense tem o artilheiro da Série B, o atacante Gabriel Poveda, paulista de 24 anos, com 18. Na última rodada, o Vasco será visitante no jogo com o Ituano. 

Fotos: Daniel Ramalho / Vasco