Escolha uma Página

APESAR DA CAMPANHA irregular, o Vasco chega à última rodada dependendo da própria força para se manter na Série A em 2024, o que conseguirá com vitória sobre o Bragantino, 4ª feira (6), em São Januário. 16º com 42 pontos, o Vasco tem menos 1 ponto que o Santos, 15º com 43, que também joga em casa e só precisa vencer o Fortaleza. O Bahia, 17º com 41, além de ter que vencer em casa o Atlético Mineiro, depende de tropeços do Vasco e do Santos.

O VISITANTE CRUZEIRO se manteve na Série A, com o 0 x 0 da noite de ontem (3) com o Botafogo, que outra vez deixou o Estádio Nilton Santos sob muitas vaias, após o 10º jogo sem vitória e a queda para o 5º lugar, perdendo a vaga direta na fase de grupos da Libertadores de 2024. Também como visitantes, o Santos perdeu para o Athletico Paranaense (3 x 0); o Bahia para o America (3 x 2), e o Vasco para o Grêmio (1 x 0), com o último gol de Luis Suarez na Arena Grêmio.

OS TRÊS PRIMEIROS rebaixados à Série B em 2024 foram o America Mineiro, 20º, 24 pontos, 5 vitórias, 23 derrotas, saldo negativo de 38 gols (42 a 80); o Coritiba, 19º, 30 pontos, 8 vitórias, 23 derrotas, saldo negativo de 30 gols (41 a 71), e o Goiás, 18º, 35 pontos, 8 vitórias, 18 derrotas, saldo negativo de 18 gols (35 a 53). Além do Cruzeiro, o Corinthians, 13º com 47 pontos, livrou-se do rebaixamento com 47 pontos, 11 vitórias, mas com saldo negativo de 3 gols (45 a 48).

O VASCO INVERTEU o retrospecto como mandante no returno, com seis vitórias, um empate, duas derrotas, depois de decepcionar no turno, com duas vitórias (1 x 0 no Cuiabá e no Grêmio), o empate em 2 x 2 com o Palmeiras, e seis derrotas, cinco sem fazer gol. O técnico argentino Ramon Diaz soube motivar e melhorar o astral da equipe, apesar de alguns jogadores terem apresentado pouca melhora de rendimento.

Fotos: @lucasuebel | Grêmio FBPA