Messi comemora no Brasil, com o carinho da mulher e dos três filhos, os 32 anos que completa nesta última segunda-feira (24) de junho de 2019. Os de Câncer, quarto signo do zodíaco, nascidos de 21 de junho a 22 de julho, são simpáticos e amados, apesar de não formarem muitos laços fortes de amizade. Tímidos, sensíveis, carentes, imaginativos, atentos, sonhadores, cautelosos, protetores e carinhosos. Como os demais signos do elemento água, têm temperamento difícil de entender.

MELHOR DO MUNDO – Em todas as solenidades em que recebeu o prêmio de melhor do mundo, foi fácil observar que Messi sempre se apresentou introvertido, sem o sorriso aberto da maioria dos homenageados. Ele ganhou cinco Bolas de Ouro e é o recordista das Chuteiras de Ouro, com seis conquistas. Dez vezes campeão espanhol; seis vezes vencedor da Copa do Rei; quatro vezes ganhador da Liga dos Campeões – maior torneio de clubes do mundo – e o que mais ganhou títulos pelo FC Barcelona.

MAIOR SEQUÊNCIA -Na temporada 2008-2009, Messi tornou-se aos 22 anos o mais jovem a ganhar a Bola de Ouro, prêmio que foi também o primeiro a receber na maior sequência, em 2010, 2011 e 2012, quando bateu o recorde de gols em um só ano, ao marcar 91. Foi ele também o mais rápido a marcar 300 gols nas cinco melhores Ligas europeias, com destaque para os 100 gols na Liga dos Campeões em 123 jogos, e com o maior número de gols consecutivos: 21 em 33 jogos.

10 ANOS DE GOLS – Um dos feitos marcantes do craque argentino é o de ter sido o único a fazer mais de 30 gols em 10 temporadas consecutivas, desde 2009-2010 a 2018-2019. Messi conseguiu em 2012 superar o artilheiro da história do Bayern de Munique e da seleção alemã, Gerd Muller, que em 1972 havia feito 81 gols em 72 jogos. Em menos jogos (69), Messi fez mais gols (91). Em novembro de 2018, com 556 gols, passou a segundo com mais gols pelo mesmo time, só abaixo de Pelé, que fez 643.

UMA HISTÓRIA – O recordista de gols do Barcelona era Paulino Alcântara – 1896 – 1964 -, nascido nas Filipinas e primeiro asiático a jogar na Europa. Aos 15 anos foi o mais jovem a atuar pelo Barcelona, e em 13 anos fez 369 gols em 357 jogos. Em março de 2014, ao marcar seu gol 370 no Osasuna, Messi superou a marca, tornando-se, aos 26 anos, o maior goleador da história do clube. Desde a estreia, em 16 de outubro de 2004, Messi marcou 603 gols em 687 jogos pelo Barcelona.

OS VALORES – Convertida em reais, a multa para tirar Messi do Barcelona corresponde a três bilhões de reais! O contrato foi renovado em 25 de novembro de 2017, com validade até 2021, com multa de 700 milhões de euros! Para os que gostam do montante de números, a renda anual de Messi é calculada em 130 milhões de euros, o equivalente a 600 milhões de reais, o que representa ganho mensal de 50 milhões de reais. 

PATROCÍNIOS – Além do que ganha do Barcelona, Messi desfruta de outros rendimentos que com certeza ultrapassam o que recebe do clube. Entre os patrocinadores, Pepsi, Adidas, Herbalife – empresa que cuida da nutrição humana -, Chery – indústria chinesa de automóveis -, Piguet – marca suíça de relógios – e Dolce & Gabana, que entre outros famosos patrocina a superestrela americana Madonna e a brasileira Giselle Bundchen, modelo mais bem paga do mundo.

A RIVALIDADE – Sempre houve muito interesse com relação à rivalidade de Messi e Cristiano Ronaldo, enquanto ocupavam o mesmo cenário do futebol. Um no Barcelona, outro no Real Madrid. A Bola de Ouro, ganha durante 10 anos consecutivos por um ou por outro, poderia ter provocado o problema. Messi já antecipou que o Barcelona será seu único clube. Cristiano Ronaldo deixou nove para trás no Real Madrid para ser o astro italiano da Juventus. E resumiu: “Messi e eu somos como uma Ferrari e um Porsche, impossíveis de comparar”.