Alegra-me registrar também os 58 anos hoje, 15 de maio de 2020, de Tino Marcos, que antes de aparecer na telinha, aprendeu muito nas redações, aprimorando os textos no Jornal dos Sports e O Dia, tal como aconteceu com tantos outros profissionais, que iniciaram na imprensa escrita para depois se sobressaírem no rádio e na televisão.

394 KM – Antes de entrar na cobertura do futebol, Tino sempre gostou dos esportes de aventura. Foi maratonista e participou de muitas provas de 10 e de 20 km, cruzando a reta de chegada, no mínimo, entre os cinco primeiros. Foi iatista e chegou a ter um veleiro, que cruzou muito os mares de Angra. Mas, em 1982, viveu sua maior aventura em 394 km.

FOI A DISTÂNCIA de 394 km que Tino Marcos percorreu, do Rio a Marataízes, belíssimo litoral Sul do estado do Espírito Santo, a 138 km da capital Vitória, pedalando bem e recusando várias caronas na estrada. Ele sempre cuidou muito da saúde, sem álcool nem fumo, mostrando preparo digno dos atletas mais bem condicionados.

PREMIADO – Tino Marcos esteve na cobertura de sete Copas do Mundo, sempre como primeiro repórter da televisão. Ganhou, com méritos, o prêmio Comunique-se, em 2002 e 2006, na categoria de melhor repórter, e em 2006 recebeu também o prêmio Qualidade Brasil. Competente e humilde, virtude própria dos bons, Tino é orgulho de Bom Jesus do Itabapoana, município onde nasceu, a 370 km do Rio.

Foto: Instagram/reprodução