Escolha uma Página

Um dia depois de apedrejarem o ônibus do clube e provocarem ferimentos na cara de dois jogadores, na saída do estádio da Luz, após o 0 x 0 com o Tondela, que impediu o time de se isolar na liderança do campeonato, os torcedores do Benfica foram tachados de delinquentes pelo presidente Luis Filipe Vieira. O dirigente amanheceu ainda mais revoltado, ao saber que durante a madrugada de hoje (5) os torcedores picharam as casas do técnico Bruno Lage e de três jogadores, com termos ameaçadores.

REPÚDIO – O presidente classificou como “inaceitáveis e inqualificáveis, próprias de delinquentes”, as ações dos torcedores, e pediu que “as autoridades policiais deem resposta urgente porque o clube dará tratamento intransigente e expulsará, caso sejam sócios”. Os vidros da frente e das laterais do ônibus (autocarro, em Portugal) foram quebrados, e os jogadores Julian Weigl, volante alemão de 24 anos, e Andrija Zivkovic, atacante sérvio de 23 anos, atingidos pelos estilhaços, estão com marcas na cara.

AMEAÇADOS – As casas pichadas com termos ofensivos e ameaçadores foram as do lateral-esquerdo Alejandro Grimaldo, de 24 anos, espanhol de Valencia, no clube desde 2015 e tricampeão nacional pelo Benfica; do meia-atacante Rafa, de 27 anos, português de Vila Franca de Xira, no clube desde 2016, e do meia Pizzi, de 30 anos, português de Bragança, Trás-os-Montesno clube desde 2013-14. Os três passaram a ter segurança de agentes contratados pelo clube.

TÉCNICO – Bruno Lage, de 44 anos, português de Setúbal, é o técnico campeão e o presidente já anunciou que será mantido em 2020-21, mesmo que não seja bicampeão, ressaltando: “Seu projeto de trabalho se ajusta bem às ideias do clube”. A casa do treinador, nos arredores de Lisboa, também amanheceu pichada com termos ofensivos, e a exemplo dos três jogadores, ele passou a ter segurança de agentes contratados pelo Benfica.

LÁ E CÁ – Faltam nove rodadas. O Porto jogará em casa com o Marítimo, domingo (10), Boavista, Belenenses, Sporting e Moreirense, na última, dia 26 de julho, e como visitante com Aves, Paços Ferreira, Tondela e Braga. O Benfica jogará em casa com Santa Clara, Boavista, Vitória de Guimarães e Sporting, na última, dia 26 de julho, e será visitante nos jogos com o Portimonense, domingo (10), Rio Ave, Marítimo, Famalicão e Aves.

PAU A PAU – Com 80% de aproveitamento, Porto e Benfica estão iguais em pontos (60), vitórias (19), empates (3), derrotas (3), e o Porto lidera pelo confronto direto, critério de desempate no Campeonato Português, de vez que ganhou do Benfica no turno e no returno. Se fosse pelo saldo de gols, o líder seria o Benfica, com 38 (52 x 14), já que o saldo do Porto é de 34 (50 x 16). Só o campeão e o vice de Portugal se classificam para a Champions, torneio mais importante de clubes da Europa.

MAIS BONITO – Foi do atacante paulista Lucas Fernandes, de 22 anos, comprado pelo Portimonense ao São Paulo por R$10 milhões, em agosto de 2019, o gol mais bonito da rodada 25 do Campeonato Português, o da vitória (1 x 0), de fora da área, no ângulo esquerdo do goleiro Denis, de 33 anos, 1,88m, paulista de Jaú. Lucas Fernandes foi o destaque do título da Libertadores sub-20 que o São Paulo ganhou em 2011, ao fazer o gol da vitória (1 x 0) na final com o Liverpool, do Uruguai.

APÓS 7 JOGOS – Na sequência da rodada 25, na noite de hoje (5), no estádio de São Miguel, o Santa Clara conseguiu virada dramática (3 x 2), nos acréscimos, sobre o Sporting de Braga, que perdeu também invencibilidade de sete jogos. Foi a nona vitória do Santa Clara, oitavo com 33 pontos, e a sétima derrota do Braga, terceiro com 46 pontos. 

Fotod: Reprodução da Instagram e Record.pt