Os que estão forçando a barra para a volta dos jogos, enquanto a pandemia do coronavírus continua aumentando o número de mortes, são os irresponsáveis do futebol. Não passam de irresponsáveis. No significado literal do substantivo, masculino e feminino, irresponsável é um inconsequente, o que age contrariando a lógica e o bom senso. O irresponsável é o que expressa imprudência. O irresponsável é um leviano; é todo aquele que se esquiva de qualquer tipo de responsabilidade. O futebol brasileiro não pode ser dirigido por irresponsáveis.

Os irresponsáveis do futebol são todos os que estão empenhados em promover, o quanto antes, a volta dos jogos, como se o futebol fosse a coisa mais importante do mundo, imune a tudo. Recomeçar o futebol agora, ainda que em estádios sem público, é deixar de admitir que os profissionais que estiverem em campo, não estão sujeitos ao contato, que também pode levar à morte. É desprezar a saúde e a própria vida. É coisa de irresponsáveis de todos os níveis e escalões, a partir do presidente da República, que está estimulando a irresponsabilidade.