Escolha uma Página

Com atuação exuberante de Griezman e Mbappé, a França consolidou a liderança do Grupo H das eliminatórias da Eurocopa 2020, com outra goleada: 4 x 0 na Islândia, diante de 80 mil torcedores – capacidade máxima do estádio Saint Denis, subúrbio de Paris -, na noite desta segunda (25). O técnico Didier Deschamps repetiu a equipe de 10 dos 11 jogos da Copa de 2018, a segunda dele como técnico, vinte anos depois de ter sido um meia de destaque em 1998, nos 3 x 0 da final com o Brasil. Na estreia, como visitante, na última sexta (22), a França goleou (4 x 1) a Moldávia.

DADOS MARCANTES – A França já saiu para o intervalo com 1 x 0, gol do zagueiro Samuel Umtiti (Barcelona), o quarto que marcou pela seleção, aos 12 minutos. No segundo tempo, em 21 minutos, os franceses fizeram os outros três gols. O atacante Olivier Giroud (Chelsea), fez 2 x 0 aos 18, tornando-se o terceiro artilheiro da seleção com 35, um gol a mais que Trezeguet. Aos 33, quando marcou o terceiro gol, Mbappé (PSG), aos 20 anos, passou a ser o mais jovem a completar 30 jogos pela seleção.

CAPÍTULO À PARTE para Antoine GriezmannQuatro dias após completar 28 anos, o meia-atacante francês voltou a formar uma dupla colossal com Mbappé, oito anos mais novo. Com deslocamentos, eles souberam sair do bloqueio forte dos islandeses, às vezes com até 10 atrás da linha da bola. Griezmann joga na Espanha desde 2005 e em 2009 saiu da Real Sociedad, de San Sebastián, para o Atlético de Madrid, ídolo com 130 gols em 251 jogos. Filho de alemão e portuguesa, na infância passou muitas férias em Paços de Ferreira, a terra dos avós maternos.

ÚNICA MUDANÇA – Contundido, Lucas Hernandez foi substituído por Kurzawa na lateral-esquerda, o que não permitiu ao técnico repetir as 11 escalações dos jogos da Copa de 2018. Equipe – Hugo Lloris, Pavard, Varane, Umtiti e Kurzawa (Kimpembe); Pogba, Kanté (Lemar), Mbappé e Griezmann; Matuidi e Giroud (Sissoko). Outro destaque foi Pavard, lateral de 22 anos, 1,86m, autor do gol mais bonito da Copa de 2018, que está trocando de clube na Alemanha. Desde 2016 no Stuttgart, vai para o Bayern Munique.

560 PASSES A MAIS – Foi o que revelou a estatistica de França 4 x 0 Islândia, com os franceses trocando 766 e os islandeses 206, em jogo em que o árbitro romeno Istvan Kovacs, de 34 anos, há oito na Fifa, marcou 15 faltas (10 dos franceses) e só usou o cartão amarelo para advertir, no segundo tempo, Griezmann e o meia Bjarnason, ambos por faltas comuns. O prestigioso jornal L’Equipe destacou em sua primeira página: “Griezamnn, Giroud e Mbappé, um trio de ataque extravagante. Desde a Copa, eles continuam evoluindo em ritmo frenético”.

FRANÇA e TURQUIA, que nesta segunda (25) goleou (4 x 0) a Moldávia, última colocada, estão com 100% de aproveitamento, mas os franceses lideram o Grupo H por diferença de um gol: 7 a 6. Marcaram 8 gols e sofreram 1. Os turcos fizeram 6 e ainda não sofreram gol em dois jogos.