Escolha uma Página

O FLUMINENSE anunciou na noite de ontem (28) a contratação do atacante Lelê, de 25 anos, artilheiro da Taça Guanabara com 9 gols em 9 jogos. A partir de 15 de abril, na estreia do Campeonato Brasileiro, a comemoração poderá ser com L em dose dupla, lado a lado com Cano, vice-artilheiro da Taça Guanabara com 7 gols.

LEANDERSON da Silva Genesio, o Lelê, foi emprestado pelo Itaboraí Profute até dezembro, com o Fluminense tendo o direito de opção de compra. O atacante disse ser tricolor desde garoto, o que o influenciou, além do sonho de disputar a Copa Libertadores: “Quero ajudar o Fluminense a ganhar o título que ainda não tem”.

O EMPRÉSTIMO DE LELÊ ao Fluminense causou revolta no Vasco, principalmente no diretor técnico Abel Braga, duro na crítica ao jogador, ao seu agente e ao clube: “O Vasco só gosta de negociar com homens de palavra. Esse cara, o empresário dele e o clube não honraram a palavra. Gente assim não serve para trabalhar conosco”.

ENQUANTO CANO usa o polegar e o indicador para fazer o L, homenageando o filho Lorenzo na comemoração do gol, Lelê diz que não imita o artilheiro argentino, seu próximo companheiro: “Também sempre fiz o L ao marcar meus gols, só que a visibilidade do time em que jogo não pode ser comparada à do Fluminense”.

O FLUMINENSE anunciou outra contratação, a 10ª dos dois primeiros meses do ano, a de Gabriel Pirani, emprestado pelo Santos até dezembro. O meia paulista de 20 anos reencontrará Fernando Diniz, seu técnico na Vila Belmiro: “Embora jovem, o Gabriel tem muita visão do campo e é bom nas assistências e nas finalizações”.

Foto: Divulgação